Novo recurso no combate a bactérias em implantes dentários

Um grupo de pesquisadores do Karlsruhe Institute of Technology (KIT), em conjunto com especialistas em implantes dentários, desenvolveu uma superfície nanoestruturada que tem a capacidade de combater o crescimento de bactérias nos implantes dentários, no caso nos ‘pilares’ de suporte, habitualmente constituídos por titânio.

De acordo com os pesquisadores, esta superfície foi criada com o objetivo de acelerar a cicatrização após a colocação de implantes dentários.

Resultados promissores

Os primeiros resultados da pesquisa, agora publicados, mostram que esta nanoestrutura tem a capacidade de “reduzir a aderência das bactérias” e ainda de atrasar “a formação da placa bacteriana” que habitualmente se forma na superfície dos dentes.

Os detalhes desse estudo podem ser obtidos aqui.

Sugestões de leitura

Aparelho de cerâmica

Aparelhos de cerâmica: Prós e Contras

Os aparelhos cerâmicos realinham, ajustam e endireitam os dentes da mesma forma que os aparelhos metálicos tradicionais.  No entanto, os aparelhos cerâmicos têm...

Patógeno da periodontite e a conexão com a doença de Alzheimer

Um estudo investigando o papel do Treponema denticola (T. denticola) na patogênese da doença de Alzheimer foi apresentado por Zhiqun Tang do Hospital...

Esclerose múltipla e extrações dentárias

A esclerose múltipla costuma causar fadiga extrema e dificuldades físicas que podem tornar desafiador ao paciente cuidar de sua saúde bucal. Como resultado,...

Mais eficientes na redução da placa e da inflamação gengival

Novo estudo com pacientes com periodontite revela que escovas interdentais e palhetas interdentais de borracha são mais eficientes na redução da placa e...

Crianças com aftas, o que fazer?

As aftas geralmente são úlceras rasas, brancas, cinzas ou amareladas com borda vermelha que podem durar até duas semanas. Algumas pessoas as confundem...

Diabetes pode enfraquecer os dentes e favorecer a cárie dentária

Diabetes, enfraquecimento dos dentes e cáries Pessoas com diabetes tipo 1 e tipo 2 são propensas a cáries dentárias, e um novo estudo...

Que tal você se juntar aos nossos clientes e se tornar um case de sucesso também?