Deixe seus dados para receber mais conteúdo no futuro

    Você toparia ter uma teleconsulta com um dentista para um atendimento inicial? SimNão

    A Raiz do Mau Hálito: A Ciência Revela

    O mau hálito, também conhecido como halitose, é um problema comum que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. Apesar de ser uma condição embaraçosa, suas origens permaneciam obscuras até recentemente.

    Agora, uma equipe de pesquisadores japoneses da Universidade de Osaka chegou um passo mais perto de desvendar os mistérios do mau hálito, descobrindo os mecanismos moleculares por trás da produção de compostos voláteis malcheirosos na boca.

    A Culpa é das Bactérias

    A pesquisa, publicada na revista mSystems, revela que a produção de um composto químico chamado metil mercaptano (CH₃SH) por bactérias na boca é a principal causa do mau hálito. O CH₃SH é responsável pelo odor fétido e característico da halitose.

    Um Sistema Complexo

    Para estudar a produção de CH₃SH em um ambiente mais próximo do real, os cientistas criaram um sistema de cultura bacteriana em laboratório. Esse sistema reproduz as complexas interações entre diferentes espécies bacterianas que coexistem na boca humana.

    Interação entre Bactérias

    Através do sistema de cultura, a equipe de pesquisa observou que a produção de CH₃SH era significativamente aumentada quando duas espécies bacterianas específicas, Fusobacterium nucleatum e Streptococcus gordonii, interagiam entre si.

    • S. gordonii libera uma substância química chamada ornitina.
    • A F. nucleatum, em resposta à ornitina, aumenta sua produção de CH₃SH.

    Implicações para o Tratamento

    Embora ainda sejam necessários mais estudos, a descoberta da interação entre S. gordonii e F. nucleatum na produção de CH₃SH abre novas possibilidades para o desenvolvimento de tratamentos mais eficazes contra o mau hálito.

    Prevenção e Tratamento da Doença Gengival

    Como a doença gengival está associada ao aumento da produção de CH₃SH, os autores do estudo acreditam que a prevenção e o tratamento da doença gengival também podem ser eficazes no combate à halitose.

    Conclusão

    A pesquisa da Universidade de Osaka representa um avanço significativo na compreensão das causas do mau hálito. Ao identificar os mecanismos moleculares por trás da produção de CH₃SH, os cientistas abriram caminho para o desenvolvimento de novas e melhores soluções para essa condição embaraçosa.

    Siga a Dentalis no Instagram @DentalisSoftware, no Facebook @Dentalis. Software, e no Twitter @Dentalisnet

    Fontes: Interspecies metabolite transfer fuels the methionine metabolism of Fusobacterium nucleatum to stimulate volatile methyl mercaptan production, Science Gets to the Bottom of Bad Breath, Universidade de Osaka

    Deixe seus dados para receber mais conteúdo no futuro

      Você toparia ter uma teleconsulta com um dentista para um atendimento inicial? SimNão

      Sugestões de leitura

      Síndrome da Boca Ardente: nova esperança para o alívio

      Você sente uma sensação crônica de queimação na boca sem causa aparente? Nesse caso, você pode ser uma das muitas pessoas que sofrem...

      A Influência do DNA na Saúde Bucal

      Conheça o papel da genética sobre a saúde bucal. Será que apenas a genética pode garantir uma boa saúde dos dentes e gengivas?...

      Tártaro: o vilão silencioso da sua saúde bucal

      Dentes limpos não significam necessariamente dentes saudáveis. O tártaro, também conhecido como placa bacteriana, é uma camada pegajosa que se acumula nos dentes...

      Quando levar seu bebê no dentista pela primeira vez?

      A chegada do primeiro dentinho do bebê é um marco emocionante. Mas você sabia que esse momento também marca o início de uma...

      Arma Promissora Contra o Câncer de Boca

      A hesperidina, um composto natural, pode ser uma alternativa promissora para o tratamento do câncer de boca, com efeitos colaterais mínimos.

      Novo teste para câncer de boca: mais simples, preciso e acessível

      Conheça o novo teste que promete o diagnóstico rápido do câncer bucal e que poderá ser realizado na clínica ou consultório odontológico