Descoberta forte associação entre periodontite e AVC

Um novo estudo tem relacionado periodontite crônica ao infarto lacunar, uma doença vascular cerebral que causa cerca de 25 por cento dos casos de derrame (também conhecido por acidente vascular cerebral isquêmico). No geral, os pesquisadores observaram que os participantes do estudo diagnosticados com doença periodontal tiveram de modo significativo o risco aumentado de desenvolver infarto lacunar comparado aos participantes isentos de periodontite.

O estudo incluiu 62 pacientes inscritos na Unidade de Derrame do Hospital Clínica da Universidade, pertencente à Universidade de Santiago de Compostela, entre janeiro de 2014 e janeiro de 2015, assim como um grupo de controle de 60 indivíduos. Os dois grupos foram submetidos a exames neurológicos e periodontais.

A prevalência da doença periodontal foi significativamente maior no grupo de casos (69 por cento) do que no de controles (31 por cento). Em adição, a severidade da doença periodontal foi estatisticamente maior em pacientes de derrame comparado com os de controle.

Participantes no grupo de casos também apresentaram maior prevalência de outros fatores de risco vascular bem conhecidos, como hipertensão, diabetes mellitus, hipercolesterolemia, histórico de doença cardíaca isquêmica, cigarro, álcool e consume de estatinas. Entretanto, os pesquisadores declararam que a associação entre periodontite crônica e infarto lacunar era independente de conhecer os fatores de confusão.

Embora essas descobertas indiquem uma forte ligação entre as duas condições, é necessário pesquisa adicional para melhor entender os mecanismos subjacentes, enfatizaram os pesquisadores. Entretanto, eles deram a hipótese de que a periodontite leva à inflamação sistêmica e, como resultado, a saúde dos vasos sanguíneos pode ser afetada.

Conclusão do estudo

O autor líder Dr. Yago Leira do Departamento de Periodontologia da universidade concluiu: “Se mais estudos prospectivos de coorte confirmarem nossas descobertas, estudos de intervenção podem ser feitos para acessar o benefício potencial da terapia periodontal em pacientes com derrame lacunar e periodontite. O tratamento periodontal pode também diminuir a inflamação sistêmica e, por isso, ele reduz o risco do desenvolvimento de infarto lacunar.

O estudo, intitulado “Chronic periodontitis is associated with lacunar infarct: A case–control study”, foi publicado on-line em 15 de julho no European Journal of Neurology antes da versão impressa.

Sugestões de leitura

Aparelho de cerâmica

Aparelhos de cerâmica: Prós e Contras

Os aparelhos cerâmicos realinham, ajustam e endireitam os dentes da mesma forma que os aparelhos metálicos tradicionais.  No entanto, os aparelhos cerâmicos têm...

Patógeno da periodontite e a conexão com a doença de Alzheimer

Um estudo investigando o papel do Treponema denticola (T. denticola) na patogênese da doença de Alzheimer foi apresentado por Zhiqun Tang do Hospital...

Esclerose múltipla e extrações dentárias

A esclerose múltipla costuma causar fadiga extrema e dificuldades físicas que podem tornar desafiador ao paciente cuidar de sua saúde bucal. Como resultado,...

Mais eficientes na redução da placa e da inflamação gengival

Novo estudo com pacientes com periodontite revela que escovas interdentais e palhetas interdentais de borracha são mais eficientes na redução da placa e...

Crianças com aftas, o que fazer?

As aftas geralmente são úlceras rasas, brancas, cinzas ou amareladas com borda vermelha que podem durar até duas semanas. Algumas pessoas as confundem...

Diabetes pode enfraquecer os dentes e favorecer a cárie dentária

Diabetes, enfraquecimento dos dentes e cáries Pessoas com diabetes tipo 1 e tipo 2 são propensas a cáries dentárias, e um novo estudo...

Que tal você se juntar aos nossos clientes e se tornar um case de sucesso também?