Deixe seus dados para receber mais conteúdo no futuro

    Você toparia ter uma teleconsulta com um dentista para um atendimento inicial? SimNão

    Estudo relaciona uso de canábis e o aumento do risco da periodontite

    De acordo com um estudo publicado pela Academia Americana de Periodontologia, usuários frequentes de canábis — ou seja, o consumo frequente de marijuana, haxixe ou óleo de haxixe —possuem um risco significativamente elevado de desenvolver doença periodontal leve, moderada e até severa comparado com pessoas que consomem marijuana com menos frequência. Em particular, o uso frequente de cannabis foi associado com maior profundidade e maior risco da perda de fixações consultórios.

    No estudo, os pesquisadores da Faculdade de Odontologia da Universidade Columbia examinaram dados de 1.938 adultos estadunidenses com idade de 30 a 59 anos, dos quais 26.8 por cento eram usuários recreativos frequentes de canábis.

    Risco aumentado entre usuários frequentes

    A análise mostrou que participantes identificados como usuários recreativos frequentes de canábis exibiram uma média de 29.2 pontos ao redor do dente com profundidade da bolsa periodontal igual ou maior a 4mm, 24.8 pontos com profundidade da bolsa igual ou maior a 6mm; e 24.5 pontos com profundidade da bolsa com no mínimo 8mm. Em contraste, participantes que reportaram o uso menos frequente de canábis tiveram uma média de 22.3, 19.2 e 18.9 pontos, respectivamente.

    O Dr. Terrence J. Griffin, presidente da Academia Americana de Periodontologia, disse: “Há diversos fatores de risco que contribuem para o desenvolvimento da doença periodontal, e este relatório sugere que o uso da canábis pode ser um deles. Os pacientes devem estar atentos aos fatores de risco de sua periodontite para garantir o diagnóstico a tempo e tratamento apropriado”.

    De acordo com o Centro Norte-Americano para Controle e Prevenção de Doenças, cerca de metade dos estadunidenses adultos com idade igual ou superior a 30 anos possuem alguma forma da doença periodontal, e mais de 8 por cento sofrem do nível severo da doença.

    Os dados do estudo foram obtidos da pesquisa “National Health and Nutrition Examination Survey”, um programa de estudos designados para avaliar o nível de saúde e nutricional dos adultos e crianças nos EUA. A pesquisa examina uma amostra nacionalmente representativa de cerca de 5.000 pessoas a cada ano.

    O estudo, intitulado “ Relationship between frequent recreational cannabis (marijuana and hashish) use and periodontitis in adults in the United States: NHANES 2011–12 ”, foi publicado on-line em 8 de outubro na revista Journal of Periodontology antes da versão impressa.

    Deixe seus dados para receber mais conteúdo no futuro

      Você toparia ter uma teleconsulta com um dentista para um atendimento inicial? SimNão

      Sugestões de leitura

      Hipersensibilidade dental

      Hipersensibilidade dental: como prevenir e aliviar

      Conheça dicas práticas do que você pode fazer para prevenir e aliviar a desagradável hipersensibilidade dental

      Síndrome da Boca Ardente: nova esperança para o alívio

      Você sente uma sensação crônica de queimação na boca sem causa aparente? Nesse caso, você pode ser uma das muitas pessoas que sofrem...

      A Influência do DNA na Saúde Bucal

      Conheça o papel da genética sobre a saúde bucal. Será que apenas a genética pode garantir uma boa saúde dos dentes e gengivas?...

      Tártaro: o vilão silencioso da sua saúde bucal

      Dentes limpos não significam necessariamente dentes saudáveis. O tártaro, também conhecido como placa bacteriana, é uma camada pegajosa que se acumula nos dentes...

      Quando levar seu bebê no dentista pela primeira vez?

      A chegada do primeiro dentinho do bebê é um marco emocionante. Mas você sabia que esse momento também marca o início de uma...

      A Raiz do Mau Hálito: A Ciência Revela

      Ciência revela a origem do mau hálito e sua associação com as bactérias da flora bucal. Saiba como prevenir e tratar o mau...