Deixe seus dados para receber mais conteúdo no futuro

    Você toparia ter uma teleconsulta com um dentista para um atendimento inicial? SimNão

    Infecções Bucais: Causas, Sintomas e Tratamentos

    Infecções na boca podem ser bem incômodas e causar preocupação, tornando tarefas do dia a dia, como comer ou escovar os dentes, mais difíceis. Elas podem afetar várias partes da boca, incluindo gengivas, língua e garganta.

    Algumas infecções são leves e podem ser tratadas em casa, mas outras podem exigir atenção e ajuda de um profissional. Vamos falar sobre os tipos mais comuns de infecções bucais, seus sintomas e como tratá-las.

    Candidíase Oral

    A candidíase oral é uma infecção fúngica causada pela Candida albicans, uma levedura que vive naturalmente na nossa boca. Quando o sistema imunológico está enfraquecido ou após o uso de antibióticos, essa levedura pode crescer demais e causar problemas.

    Sintomas:

    Manchas brancas na língua, bochechas internas ou garganta.
    Vermelhidão, dor ou desconforto.
    Dificuldade para engolir.

    Tratamento:

    – Medicamentos antifúngicos, como clotrimazol ou nistatina.
    – Reduzir o consumo de açúcar, já que a levedura se desenvolve com ele.
    – Manter uma boa higiene bucal, escovando os dentes regularmente e usando fio dental.

    Herpes Oral

    O herpes oral é causado pelo vírus herpes simplex tipo 1 (HSV-1) e é altamente contagioso. Cerca de 67% das pessoas com menos de 50 anos no mundo têm esse vírus. Ele se espalha por contato próximo, como compartilhar utensílios, beijar ou sexo oral.

    Sintomas:

    Herpes labial, com pequenas bolhas nos lábios, gengivas ou dentro da boca.
    Febre.
    Formigamento ou sensação de queimação antes das bolhas aparecerem.
    Dor de garganta.
    Desconforto ou dor.
    Dor de cabeça ou dores no corpo.
    Gânglios linfáticos inchados.

    Tratamento:

    Não há cura para o herpes oral, mas existem formas de tratar. Evitar contato próximo durante a fase ativa ajuda a reduzir a transmissão. Os sintomas geralmente desaparecem sozinhos após algumas semanas, mas podem ser bem desconfortáveis. Procurar um dentista é importante, pois ele pode prescrever antivirais como aciclovir, fanciclovir e valaciclovir. Antivirais tópicos também podem ajudar a aliviar a coceira ou formigamento.

    Gengivite

    A gengivite é o estágio inicial da doença gengival, geralmente causada por má higiene bucal e acúmulo de placa bacteriana ou tártaro na linha da gengiva. Sem tratamento, pode evoluir para periodontite, causando perda de dentes e outras complicações sérias.

    Sintomas:

    Gengivas inchadas, sensíveis ou que sangram.
    Mau hálito persistente.
    Recuo da linha da gengiva.
    Dentes soltos.

    Tratamento:

    – Boa higiene dental, escovando os dentes regularmente e usando fio dental.
    – Limpeza dentária profissional para remover placa e tártaro.
    – Uso de enxaguante bucal antibacteriano prescrito pelo dentista.
    – Antibióticos orais para casos de infecção.
    – Em casos graves, cirurgia periodontal.

    Resumindo

    Infecções bucais podem ser causadas por fungos, vírus, bactérias ou por uma higiene dental inadequada. Candidíase oral, herpes e gengivite são bem comuns. Algumas infecções podem ser controladas em casa com bons hábitos de higiene, mas outras precisam de ajuda profissional. Se os sintomas persistirem ou forem graves, é essencial procurar um dentista para evitar complicações.

    Manter uma boa higiene bucal e visitar o dentista regularmente são passos fundamentais para prevenir infecções bucais. Evite a automedicação, pois isso pode piorar a situação.
    Se tiver dúvidas ou precisar de mais informações, consulte seu dentista.

    Siga a Dentalis no Instagram @Dentalis_Software, no Facebook @Dentalis. Software, e no Twitter @Dentalisnet

    Deixe seus dados para receber mais conteúdo no futuro

      Você toparia ter uma teleconsulta com um dentista para um atendimento inicial? SimNão

      Sugestões de leitura

      Impacto da Doença Renal Crônica na Saúde Bucal de Mulheres Pós-Menopausa

      Mulheres com idade mais avançada e portadoras de doença renal crônica estão mais expostas ao risco da perda de dentes a ponto de...

      Periodontite e o Risco de AVC em Pessoas com Menos de 50 anos

      A periodontite, uma inflamação das estruturas que sustentam nossos dentes, pode aumentar muito o risco de AVC (derrame cerebral) em pessoas com menos...

      Alerta para os riscos do Xilitol – Novo Estudo

      Um recente estudo, publicado no European Heart Journal, revelou uma ligação preocupante entre o consumo de xilitol, um adoçante de baixas calorias, e...

      Câncer bucal: o dentista pode ser o primeiro a detectar

      Quando vamos ao dentista, geralmente buscamos resolver um problema dental que esteja nos incomodando, obter uma limpeza dental ou melhorar a estética dos...

      Você sabe o que é política de atendimento?

      O sucesso de um consultório odontológico passa por muitas etapas relevantes. Uma das mais importantes é a construção de uma política de atendimento...

      Você sabe o que é teleodontologia?

      Já pensou na oportunidade de estar mais próximo do seu paciente? A teleodontologia é uma inovação que cai nas graças dos profissionais, proporcionando...