Deixe seus dados para receber mais conteúdo no futuro

    Você toparia ter uma teleconsulta com um dentista para um atendimento inicial? SimNão

    Os 10 primeiros surpreendentes sinais de demência

    Demência faz mais do que roubar as memórias das pessoas – as pesquisas continuam a mostrar que esta condição complicada é marcada por uma série de sintomas, especialmente em seu início.

    Mas esses sinais nem sempre são fáceis de reconhecer. Desde a incapacidade de captar o sarcasmo até a perda do senso de normas sociais, alguns dos primeiros sinais de alerta da demência são sutis.

    A demência é uma condição médica caracterizada por um declínio significativo nas habilidades cognitivas, incluindo memória, raciocínio, linguagem e julgamento. Essas mudanças podem interferir na capacidade de uma pessoa de realizar atividades diárias, como cuidar de si próprio, trabalhar e se relacionar com os outros.

    Qualquer mudança diferente do comportamento ou das habilidades habituais de uma pessoa pode ser motivo de preocupação, afirma Katherine Rankin, PhD, neuropsicóloga que conduz pesquisas no Centro de Memória e Envelhecimento da Universidade da Califórnia, em São Francisco, EUA.

    Como saber se um familiar apresenta sinais de Alzheimer ou outra forma de demência?

    Os sintomas de demência podem variar de pessoa para pessoa, mas deve-se ficar atento a qualquer mudança do comportamento usual ou dos hábitos de uma pessoa.
    Fique atento em alguns dos primeiros sinais de demência, o que poderá lhe surpreender.

    Se alguém que você conhece apresentar algum desses sinais ou sintomas, vale a pena consultar um neurologista. No entanto, é importante notar que os comportamentos listados a seguir “não são sinais de demência, a menos que sejam uma alteração nos hábitos comportamentais anteriores de alguém”.

    1. Deixar de perceber o sarcasmo e identificar mentiras

    Você pode apreciar ou não um senso de humor sarcástico, mas o sarcasmo faz parte da nossa cultura. “Vemos isso como uma maneira simpática de ser crítico e, por isso, o usamos constantemente, mesmo quando tentamos ser simpáticos”, diz Katherine, cuja investigação observou que pessoas com demência frontotemporal e doença de Alzheimer têm mais dificuldade de perceber o sarcasmo.

    Outro sinal incomum de demência que a pesquisadora percebeu? Pessoas com demência frontotemporal não sabiam quando alguém estava mentindo, embora pessoas com doença de Alzheimer soubessem. “Os pacientes com demência frontotemporal não têm mais aquela sensação de que as coisas que as pessoas afirmam podem não ser verdadeiras.”

    2. Quedas mais frequentes

    Tropeça constantemente nos próprios pés? Todo mundo cai ocasionalmente, mas quedas frequentes podem ser um sinal precoce da doença de Alzheimer, segundo pesquisas. Um estudo publicado em outubro de 2021 na revista Frontiers in Neuroscience observou que adultos mais velhos que mais tarde desenvolvam doença de Alzheimer correm maior risco de quedas e outros acidentes nos anos anteriores ao diagnóstico do que aqueles que não têm Alzheimer.

    3. Desrespeito à Lei e Outras Normas Sociais

    Algumas pessoas com demência perdem o sentido das normas sociais. Roubar em lojas, arrombar a casa de alguém, comportamentos interpessoais inadequados, como comentários ou ações sexuais, e até mesmo comportamento criminoso, de acordo com uma revisão, publicada em outubro de 2020 na revista Cortex, todos fazem parte da lista de sintomas surpreendentes de demência.

    Isto também pode causar problemas com a lei: a demência de início precoce pode atingir as pessoas a partir dos trinta e quarenta anos, muito antes de alguém à sua volta considerar o seu comportamento estranho como um sinal de demência.

    Mas, a cientista afirma, “obviamente, a maioria das pessoas que adotam esses comportamentos não têm demência. Somente quando um cidadão que antes cumpria a lei começa a roubar ou a fazer outras coisas fora do seu caráter e conduta usual é que isso se torna uma preocupação para a possibilidade de demência.”

    4. Olhar fixo com ‘olhar reduzido’ e dificuldade de leitura

    “Olhar reduzido” é o termo clínico para o sintoma de demência que altera a capacidade das pessoas de mover os olhos normalmente. Todos nós movemos nossos olhos e os acompanhamos com frequência. Mas as pessoas que apresentam sinais precoces de demência têm olhar fixo. Elas podem também pular linhas ao tentar ler. Este é um dos sinais de demência do qual a pessoa com demência pode não estar completamente consciente, embora as pessoas à sua volta provavelmente o estejam.

    5. Comer objetos não alimentares e alimentos estragados

    Um sinal inicial surpreendente de demência é comer objetos não alimentares ou alimentos rançosos, ou estragados. Em parte, isso ocorre porque a pessoa se esquece do que fazer com as coisas que tem à sua frente. Por exemplo, pessoas com demência podem tentar comer uma flor de um vaso na mesa de um restaurante porque “sabem que estão ali para comer, mas não sabem o que a flor está fazendo ali”, afirma a pesquisadora Katherine.

    Ao contrário de alguns outros sintomas de Alzheimer ou de demência, este tem poucas outras explicações prováveis.

    6. Não compreender para que servem os objetos

    Ocasionalmente, a maioria das pessoas procura desesperadamente a palavra certa. Na verdade, não conseguir encontrar a palavra que você está pensando é surpreendentemente comum e não necessariamente um sinal de demência, diz Katherine. Mas perder o conhecimento dos objetos – não apenas como são chamados, mas também para que são usados ​​– é um sintoma precoce de demência. Curiosamente, as pessoas que estão perdendo este conhecimento podem ser muito competentes em outras áreas das suas vidas.

    7. Comportamento inadequado e perda de empatia

    Se alguém que geralmente é doce, atencioso e educado começa a dizer coisas insultuosas ou inadequadas – e não mostra consciência de sua inadequação ou preocupação ou arrependimento pelo que disse – pode estar exibindo um sinal precoce de demência. Nos estágios iniciais de alguns tipos de demência, os sintomas podem incluir a perda da capacidade de ler sinais sociais e, portanto, de compreender por que não é aceitável dizer coisas que magoam.

    8. Aumento nos comportamentos compulsivos e ritualísticos

    Um sinal de demência que a maioria das pessoas não espera é a necessidade de realizar rituais extremos ou comportamentos compulsivos. Muitas pessoas têm hábitos estranhos e gostam que as coisas sejam feitas de uma determinada maneira. Mas embora esses hábitos estejam dentro do domínio normal, o acúmulo extremo ou rituais, ou compulsões detalhadas, como comprar um livro de palavras-cruzadas toda vez que vão à loja, mesmo que tenham centenas deles, podem ser sintomas de demência.

    9. Dificuldade em lidar com dinheiro

    Um dos primeiros sinais clássicos da doença de Alzheimer é uma dificuldade crescente em administrar os próprios recursos. Isso pode começar como uma dificuldade para equilibrar os gastos ou contas, mas à medida que a doença progride, muitas vezes são tomadas decisões financeiras erradas em todos os níveis.

    Embora muitas pessoas considerem esse sintoma uma parte normal do envelhecimento, não deveriam. “Temos a tendência de associar o envelhecimento às dificuldades de gestão no dia a dia. Isso não é envelhecimento saudável – é uma doença”, enfatiza a pesquisadora.

    10. Dificuldade em formar as palavras para falar

    Quando pessoas que eram fluentes e falavam suavemente deixam de ser capazes de produzir a linguagem dessa forma, isso pode ser um sinal de demência, afirma Katharine. Apesar desse sintoma, os pacientes podem se manter eficientes em outras áreas. Eles podem administrar um negócio, administrar sua família ou desenhar lindamente, mas têm dificuldade cada vez maior em combinar as palavras para falar.

    Concluindo

    A demência é um problema de saúde pública crescente, afetando mais de 50 milhões de pessoas em todo o mundo. A doença de Alzheimer é a causa mais comum de demência, representando cerca de 70% dos casos. Outros tipos de demência incluem demência vascular, demência frontotemporal e demência de corpos de Lewy.

    Siga a Dentalis no Instagram @DentalisSoftware, no Facebook @Dentalis. Software, e no Twitter @Dentalisnet

    Fontes: Comorbidity Trajectories Associated With Alzheimer’s Disease: A Matched Case-Control Study in a United States Claims Database, Cognitive and behavioural inhibition deficits in neurodegenerative dementias, Surprising Early Signs of Dementia

    Deixe seus dados para receber mais conteúdo no futuro

      Você toparia ter uma teleconsulta com um dentista para um atendimento inicial? SimNão

      Sugestões de leitura

      Hipersensibilidade dental

      Hipersensibilidade dental: como prevenir e aliviar

      Conheça dicas práticas do que você pode fazer para prevenir e aliviar a desagradável hipersensibilidade dental

      Síndrome da Boca Ardente: nova esperança para o alívio

      Você sente uma sensação crônica de queimação na boca sem causa aparente? Nesse caso, você pode ser uma das muitas pessoas que sofrem...

      A Influência do DNA na Saúde Bucal

      Conheça o papel da genética sobre a saúde bucal. Será que apenas a genética pode garantir uma boa saúde dos dentes e gengivas?...

      Tártaro: o vilão silencioso da sua saúde bucal

      Dentes limpos não significam necessariamente dentes saudáveis. O tártaro, também conhecido como placa bacteriana, é uma camada pegajosa que se acumula nos dentes...

      Quando levar seu bebê no dentista pela primeira vez?

      A chegada do primeiro dentinho do bebê é um marco emocionante. Mas você sabia que esse momento também marca o início de uma...

      A Raiz do Mau Hálito: A Ciência Revela

      Ciência revela a origem do mau hálito e sua associação com as bactérias da flora bucal. Saiba como prevenir e tratar o mau...