Polêmica: pessoas mais altas têm maior risco para o câncer

Para a maioria dos cânceres, o risco de adquirir a doença aumenta fortemente com a idade.

Mas, e quanto ao efeito de ter mais células no corpo? Em outras palavras, será que as pessoas mais altas podem ser mais propensas ao câncer porque têm mais células?

A resposta é sim, garante o professor Leonard Nunney, um biólogo evolucionário da Universidade da Califórnia (EUA).

23 categorias de câncer

Nunney examinou dados de quatro projetos de rastreio – exames preventivos – de larga escala cobrindo 23 categorias de câncer.

Cada um desses estudos estabeleceu que os indivíduos mais altos têm um maior risco de adquirir o câncer, com o risco geral aumentando em cerca de 10% a cada 10 centímetros de aumento da altura.

Outros pesquisadores contestaram essa ideia, propondo que os fatores que agem no início da vida – nutrição, saúde, condições sociais – influenciam independentemente a altura e o risco de câncer.

Mas Nunney diz que seus dados não confirmam essa hipótese.

“Eu testei a hipótese alternativa de que a altura aumenta o número de células e que ter mais células aumenta diretamente o risco de câncer. Os dados apoiaram fortemente esta hipótese simples. Para a maioria dos cânceres, a intensidade do efeito da altura é previsível a partir do aumento do número de células,” disse ele.

Os resultados foram publicados na revista científica Proceedings of the Royal Society B.

Sugestões de leitura

Aparelho de cerâmica

Aparelhos de cerâmica: Prós e Contras

Os aparelhos cerâmicos realinham, ajustam e endireitam os dentes da mesma forma que os aparelhos metálicos tradicionais.  No entanto, os aparelhos cerâmicos têm...

Patógeno da periodontite e a conexão com a doença de Alzheimer

Um estudo investigando o papel do Treponema denticola (T. denticola) na patogênese da doença de Alzheimer foi apresentado por Zhiqun Tang do Hospital...

Esclerose múltipla e extrações dentárias

A esclerose múltipla costuma causar fadiga extrema e dificuldades físicas que podem tornar desafiador ao paciente cuidar de sua saúde bucal. Como resultado,...

Mais eficientes na redução da placa e da inflamação gengival

Novo estudo com pacientes com periodontite revela que escovas interdentais e palhetas interdentais de borracha são mais eficientes na redução da placa e...

Crianças com aftas, o que fazer?

As aftas geralmente são úlceras rasas, brancas, cinzas ou amareladas com borda vermelha que podem durar até duas semanas. Algumas pessoas as confundem...

Diabetes pode enfraquecer os dentes e favorecer a cárie dentária

Diabetes, enfraquecimento dos dentes e cáries Pessoas com diabetes tipo 1 e tipo 2 são propensas a cáries dentárias, e um novo estudo...

Que tal você se juntar aos nossos clientes e se tornar um case de sucesso também?