Remédios que podem causar gostos estranhos na boca

Victor Hugo Cardoso • mai 13, 2021

Os gostos estranhos que certos remédios podem provocar

Alguns remédios podem provocar gostos estranhos na boca. E hoje você irá conhecê-los.

Primeiro, vamos rapidamente comentar sobre o sentido do paladar.
Nosso paladar é extremamente sensível, tornado possível por nossas papilas gustativas.

As papilas gustativas são compostas por células receptoras gustativas que se ligam a pequenas moléculas relacionadas ao sabor.

Por meio dos nervos sensoriais, os receptores transmitem as informações do sabor ao cérebro e isso nos permite discernir cinco sabores básicos (doce, salgado, amargo, azedo e umami / salgado).

Um gosto desagradável ou falta de gosto pode afetar o apetite e até levar à depressão. Se você vem sentindo gostos estranhos na boca, descarte problemas nasais ou sinusite, infecções respiratórias virais superiores ou outras causas comuns, então dê uma olhada em seus remédios.

Remédios que podem gerar gostos estranhos na boca – Gosto amargo

TDHA é o Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade.

  • Os estimulantes usados no tratamento do TDAH podem causar um gosto amargo na boca. O Adderall e o metilfenidato (Ritalina, Concerta, Daytrana) diminuem o limiar para o gosto amargo na boca, tornando-o mais sensível à percepção de que algo é amargo;
  • A prevenção do enjoo devido à altitude em viajantes pode ser superada com Diamox (acetazolamida) – que também pode deixá-lo com um gosto amargo na boca.

Remédios que podem causar gostos estranhos na boca – Sabor metálico

  • Muitos antibióticos podem provocar um gosto metálico na boca. Penicilina, amoxicilina, amoxicilina com clavulanato e cefalosporinas. São antibióticos utilizados no tratamento de infecções de garganta, de ouvido e seios da face. Todos eles podem causar gosto metálico na boca.

Isso porque os antibióticos listados acima podem afetar a absorção de zinco.
A deficiência de zinco leva a um gosto ruim metálico na boca.

  • Claritromicina, metronidazol e tetraciclina são outros antibióticos que também podem causar gosto metálico. Porém, não se conhece a razão por trás disso.
  • alopurinol, usado na prevenção de ataques de gota, também pode causar gosto metálico na boca;
  • lítio é prescrito para o tratamento do transtorno bipolar e também pode causar gosto metálico na boca.

Remédios que podem causar gostos estranhos na boca – Disgeusia

Sabor doce, azedo, salgado, amargo ou metálico persistente (também conhecido como disgeusia).

Captopril, enalapril e lisinopril são inibidores da ECA usados para baixar a pressão arterial.

Eles causam alteração do sabor, provavelmente por provocar deficiência de zinco.

Remédios que podem causar gostos estranhos na boca – perda ou diminuição do paladar

Carbamazepina é usada para convulsões, transtorno bipolar, pernas inquietas e dor neuropática. Pode levar à diminuição do paladar ao diminuir a neurotransmissão mediada pelo cálcio (impede que os sinais gustativos cheguem ao cérebro);

  • Levodopa, utilizada no tratamento do Parkinson, provoca diminuição do paladar em quem a toma.
    A combinação 
    Levodopa / carbidopa (Sinemet) funciona para ajudar a aumentar os níveis de dopamina circulante em pacientes com Parkinson. A desvantagem é que resulta na diminuição da transmissão nervosa e perda do paladar;
  • Diciclomina e hioscinamina, utilizados no tratamento da síndrome do intestino irritável, podem causar perda do paladar;
  • diltiazem (cardizem) é um bloqueador dos canais de cálcio. É frequentemente usado para controlar a frequência cardíaca em pacientes com fibrilação atrial e para reduzir a pressão arterial.
    O diltiazem também diminui a neurotransmissão mediada pelo cálcio, causando perda ou diminuição do paladar;
  • hidroclorotiazida é prescrita para baixar a pressão arterial e também pode causar perda do paladar;
  • espironolactona (Aldactone) é um diurético poupador de potássio usado no tratamento de insuficiência cardíaca, acne e ascite de doenças hepáticas. Também pode levar à perda do paladar;
  • Terbinafina (Lamisil) é prescrita para o tratamento de fungos nas unhas (onicomicose). A terbinafina pode causar perda de paladar a ponto de resultar em perda de peso e depressão em até 3% das pessoas que a tomam.
  • Metimazol (Tapazol) é usado para tratar hipertireoidismo. Também pode causar perda do paladar devido à depleção de zinco.

Lembre-se de que se os seus medicamentos estão alterando o seu paladar, descontinuá-los pode vir a corrigir essa condição. Portanto, converse com seu médico sobre alternativas.

Remédios que podem provocar acúmulo de tecido gengival

Alguns medicamentos podem causar um acúmulo de tecido gengival, uma condição chamada de “crescimento gengival”. O tecido gengival fica tão inchado que começa a crescer sobre os dentes. O supercrescimento gengival aumenta o risco de doença periodontal. Tecido gengival inchado cria um ambiente favorável para as bactérias, que podem danificar as estruturas dentais circundantes.

Os medicamentos que podem causar inchaço e crescimento gengival são:

  • Fenitoína, um medicamento contra convulsões;
  • Ciclosporina, uma droga imunossupressora frequentemente usada para prevenir a rejeição de transplantes;
  • Medicamentos bloqueadores dos canais de cálcio (para pressão alta), que incluem nifedipina, verapamil, diltiazem e anlodipino.

Homens têm maior probabilidade de desenvolver esse efeito colateral. Presença de placa dentária também aumenta o risco. Uma boa higiene oral e visitas mais frequentes ao dentista (a cada três meses) podem ajudar a diminuir as chances de desenvolver essa condição.

Descoloração dental

Na década de 1950, observou-se que o uso tetraciclina durante a gravidez tornava marrom os dentes das crianças. Quando uma pessoa toma tetraciclina, parte do medicamento se transforma no cálcio que o corpo usa para construir os dentes. Quando os dentes crescem, eles têm uma cor amarelada e tornam-se gradualmente marrons quando expostos à luz solar.

A tetraciclina, no entanto, não causa a descoloração dos dentes se for administrada após todos os dentes terem sido formados. Ele só causa uma mudança na cor dos dentes se for consumido antes do surgimento dos dentes primários ou secundários.

Hoje, a tetraciclina e antibióticos relacionados não são recomendados durante a gravidez ou em crianças pequenas (com menos de 8 anos) cujos dentes ainda estão se formando.

Os seguintes medicamentos podem causar descoloração dentária marrom, amarelo-marrom ou cinza:

  • Amoxicilina-clavulanato, um antibiótico usado para tratar uma série de infecções bacterianas;
  • Clorexidina;
  • Doxiciclina, um antibiótico relacionado à tetraciclina que é frequentemente usado para tratar acne;
  • Tetraciclina, antibiótico usado para tratar acne e algumas infecções respiratórias.

O excesso de flúor (encontrado em algumas vitaminas mastigáveis, cremes dentais e enxaguantes bucais) pode causar estrias brancas no esmalte dos dentes ou uma descoloração marrom-esbranquiçada. Em casos graves, o excesso de flúor (denominado fluorose) pode causar manchas marrons permanentes nos dentes.

Medicamentos que podem causar uma cor esverdeada ou azul esverdeada acinzentada nos dentes:

  • Ciprofloxacino (Cipro), um antibiótico do grupo das quinolonas;
  • Minociclina, um antibiótico do grupo das tetraciclinas.

O consumo de sais de ferro em excesso pode escurecer os dentes.

Siga a Dentalis no Instagram @DentalisSoftware, no Facebook @Dentalis.Software e no twitter @Dentalisnet

Fontes: GoodRxWebMD

Sugestões de leitura

Aparelho de cerâmica

Aparelhos de cerâmica: Prós e Contras

Os aparelhos cerâmicos realinham, ajustam e endireitam os dentes da mesma forma que os aparelhos metálicos tradicionais.  No entanto, os aparelhos cerâmicos têm...

Patógeno da periodontite e a conexão com a doença de Alzheimer

Um estudo investigando o papel do Treponema denticola (T. denticola) na patogênese da doença de Alzheimer foi apresentado por Zhiqun Tang do Hospital...

Esclerose múltipla e extrações dentárias

A esclerose múltipla costuma causar fadiga extrema e dificuldades físicas que podem tornar desafiador ao paciente cuidar de sua saúde bucal. Como resultado,...

Mais eficientes na redução da placa e da inflamação gengival

Novo estudo com pacientes com periodontite revela que escovas interdentais e palhetas interdentais de borracha são mais eficientes na redução da placa e...

Crianças com aftas, o que fazer?

As aftas geralmente são úlceras rasas, brancas, cinzas ou amareladas com borda vermelha que podem durar até duas semanas. Algumas pessoas as confundem...

Diabetes pode enfraquecer os dentes e favorecer a cárie dentária

Diabetes, enfraquecimento dos dentes e cáries Pessoas com diabetes tipo 1 e tipo 2 são propensas a cáries dentárias, e um novo estudo...

Que tal você se juntar aos nossos clientes e se tornar um case de sucesso também?