Risco aumentado de câncer de pâncreas associado a bactérias da cavidade oral

Um estudo recente levantou a hipótese: pode existir uma ligação entre determinados bactérias da cavidade oral e o risco de desenvolvimento de câncer de pâncreas. De acordo com o estudo norte-americano, foram identificados dois tipos de bactérias que estão associados com um maior risco de desenvolvimento de câncer pancreático e que têm sido associados a doenças como a periodontite e a inflamação gengival.

Jiyoung Ahn, pesquisadora responsável pelo estudo, destaca que apesar de ter sido descoberta esta associação, não é possível determinar se estas bactérias podem ser as causadoras do câncer, contudo uma das cepas de bactéria oral analisada foi associada com um risco 59% superior de desenvolvimento de câncer pancreático em pessoas que a possuíam, enquanto a outra cepa analisada foi relacionada com um risco 119% superior de desenvolvimento da doença.

O que os números refletem

De acordo com a pesquisadora, estes números refletem o risco de uma pessoa desenvolver câncer de pâncreas em comparação com uma pessoa que não possui estas bactérias orais. O câncer de pâncreas apresenta uma taxa de mortalidade bastante elevada. Segundo o U.S. National Cancer Institute (NCI), cerca de 46 mil norte-americanos são diagnosticados com a doença todos os anos.

De acordo com os cientistas responsáveis pelo estudo, esta nova descoberta pode ajudar a desenvolver novas formas de detecção da doença e, consequentemente, diminuir assim a taxa de mortalidade associada a ela.

Fonte: http://medicalxpress.com/news/2016-04-pancreatic-cancer-tied-specific-mouth.html

Sugestões de leitura

Aparelho de cerâmica

Aparelhos de cerâmica: Prós e Contras

Os aparelhos cerâmicos realinham, ajustam e endireitam os dentes da mesma forma que os aparelhos metálicos tradicionais.  No entanto, os aparelhos cerâmicos têm...

Patógeno da periodontite e a conexão com a doença de Alzheimer

Um estudo investigando o papel do Treponema denticola (T. denticola) na patogênese da doença de Alzheimer foi apresentado por Zhiqun Tang do Hospital...

Esclerose múltipla e extrações dentárias

A esclerose múltipla costuma causar fadiga extrema e dificuldades físicas que podem tornar desafiador ao paciente cuidar de sua saúde bucal. Como resultado,...

Mais eficientes na redução da placa e da inflamação gengival

Novo estudo com pacientes com periodontite revela que escovas interdentais e palhetas interdentais de borracha são mais eficientes na redução da placa e...

Crianças com aftas, o que fazer?

As aftas geralmente são úlceras rasas, brancas, cinzas ou amareladas com borda vermelha que podem durar até duas semanas. Algumas pessoas as confundem...

Diabetes pode enfraquecer os dentes e favorecer a cárie dentária

Diabetes, enfraquecimento dos dentes e cáries Pessoas com diabetes tipo 1 e tipo 2 são propensas a cáries dentárias, e um novo estudo...

Que tal você se juntar aos nossos clientes e se tornar um case de sucesso também?