Deixe seus dados para receber mais conteúdo no futuro

    Você toparia ter uma teleconsulta com um dentista para um atendimento inicial? SimNão

    Serviço de vacinação: agora disponível em farmácias e drogarias

    Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação aos seus clientes.

    A medida foi aprovada pela diretoria colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e agora aguarda publicação no Diário Oficial.

    O serviço já era regulamentado em alguns estados, como São Paulo, Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais e Distrito Federal. Com a decisão, ela será estendida às demais unidades da federação.

    A resolução também estabelece exigências para estabelecimentos de saúde que vão oferecer o serviço. As farmácias devem estar inscritas no Cadastro Nacional dos Estabelecimentos de Saúde (CNES), disponibilizar o calendário nacional de vacinação e os tipos de medicamentos disponíveis aos clientes.

    Exigências e fiscalização

    Com a norma mais objetiva e uniforme quanto às diretrizes de boas práticas em serviços de vacinação, independentemente do tipo de estabelecimento, as vigilâncias sanitárias das Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde poderão exercer melhor seu papel de fiscalização, disse a Anvisa em nota.

    Aos usuários, será possível a identificação dos estabelecimentos que oferecem o serviço de vacinação de acordo com os requisitos de qualidade e segurança definidos pela Agência. Serviços de saúde – públicos, privados, filantrópicos, civis ou militares – que realizam vacinação humana também terão de cumprir a regra nacional.

    Veja os requisitos mínimos para o funcionamento de estabelecimentos que pretendem oferecer vacinação:

    • Licenciamento e inscrição do serviço no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES);
    • Afixação do Calendário Nacional de Vacinação, com a indicação das vacinas disponibilizadas;
    • Responsável técnico;
    • Profissional legalmente habilitado para a atividade de vacinação;
    • Capacitação permanente dos profissionais;
    • Instalações físicas adequadas, com observação da RDC 50/2002 e mais alguns itens obrigatórios a exemplo do equipamento de refrigeração exclusivo para a guarda e conservação de vacinas, com termômetro de momento com máxima e mínima;
    • Procedimentos de transporte para preservar a qualidade e a integridade das vacinas;
    • Procedimentos para o encaminhamento e atendimento imediato às intercorrências;
    • Registro das informações no cartão de vacinação e no Sistema do Ministério da Saúde;
    • Registro das notificações de eventos adversos pós vacinação e de ocorrência de erros no Sistema da Anvisa;
    • Possibilidade de emissão do Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP).

    Deixe seus dados para receber mais conteúdo no futuro

      Você toparia ter uma teleconsulta com um dentista para um atendimento inicial? SimNão

      Sugestões de leitura

      Diabetes e doença gengival – a conexão

      Estudos recentes reforçam a constatação de que diabetes e doença periodontal, como periodontite, estão diretamente ligados.

      Fio ou fita dental: qual é a melhor para sua higiene dental?

      Fio ou fita dental são essenciais à rotina diária de limpeza dos dentes. Mas afinal, qual devo escolher? Qual é melhor para você?

      Remédios para asma podem em maior ou menor grau trazerem problemas à sua saúde bucal. Saiba o que fazer e como evitar que isso aconteça.

      Remédios para asma podem fazer mal à saúde bucal?

      Remédios para asma podem em maior ou menor grau trazerem problemas à sua saúde bucal. Saiba o que fazer e como evitar que...

      Aprenda sobre a importância da saúde das gengivas e conheça dicas essenciais para mantê-las saudáveis ao longo da vida.

      Saúde das Gengivas: cuidados essenciais

      Aprenda sobre a importância da saúde das gengivas e conheça dicas essenciais para mantê-las saudáveis ao longo da vida.

      Derrame e saúde bucal: conheça a ligação

      Derrame e saúde bucal estão diretamente relacionados, é o que nos revela um estudo científico recente. Cuidar da saúde bucal é imprescindível.

      Hipersensibilidade dental

      Hipersensibilidade dental: como prevenir e aliviar

      Conheça dicas práticas do que você pode fazer para prevenir e aliviar a desagradável hipersensibilidade dental