Teste de saliva é usado para diagnóstico de doença renal

Um simples teste de saliva pode ajudar a diagnosticar doença renal, particularmente nos países em desenvolvimento. Isto foi sugerido por um estudo recentemente apresentado, que mostrou que uma tira de teste para medir a ureia salivar foi precisa para diagnosticar a doença em adultos no Malawi na África. Cerca de dez por cento da população mundial é afetada pela doença renal crônica, e milhões de pessoas morrem a cada ano porque não têm acesso a tratamento a preços acessíveis, incluindo ferramentas de diagnóstico.

No estudo, uma equipe de pesquisadores da Fundação Pro-Kidney no Brasil, uma organização filantrópica sem fins lucrativos que se concentra na prevenção, diagnóstico e tratamento da doença renal, avaliou o desempenho diagnóstico da tira de teste para medir a ureia salivar no Malawi.

Entre os 742 indivíduos estudados, os pesquisadores diagnosticaram 146 pacientes com doença renal utilizando testes padrão. O teste de ureia apresentou bom desempenho diagnóstico para detecção da doença renal e altos níveis de ureia foram associados a um maior risco de morte precoce.

Detecção precoce da doença renal

“Nossos dados sugerem que a avaliação da ureia salivar pode melhorar a detecção da doença renal, aumentando a consciência desta complicação devastadora”, disse Dra. Viviane Calice-Silva, uma nefrologista da Fundação Pro-Kidney. “Também, maior consciência e detecção da doença renal em recursos de baixas configurações podem aumentar o número de pacientes que são diagnosticados e referidos, fornecendo assim um tratamento apropriado com melhora dos resultados”.

O estudo intitulado “Tira de teste para medir a ureia salivar: uma ferramenta simples e barata para detectar e estratificar o risco de doença renal”, foi apresentado na edição deste ano da American Society of Nephrology’s Kidney Week, um dos maiores eventos de nefrologia com a participação de mais de 13.000 profissionais, que foi realizada de 15 a 20 de novembro em Chicago.

Sugestões de leitura

Aparelho de cerâmica

Aparelhos de cerâmica: Prós e Contras

Os aparelhos cerâmicos realinham, ajustam e endireitam os dentes da mesma forma que os aparelhos metálicos tradicionais.  No entanto, os aparelhos cerâmicos têm...

Patógeno da periodontite e a conexão com a doença de Alzheimer

Um estudo investigando o papel do Treponema denticola (T. denticola) na patogênese da doença de Alzheimer foi apresentado por Zhiqun Tang do Hospital...

Esclerose múltipla e extrações dentárias

A esclerose múltipla costuma causar fadiga extrema e dificuldades físicas que podem tornar desafiador ao paciente cuidar de sua saúde bucal. Como resultado,...

Mais eficientes na redução da placa e da inflamação gengival

Novo estudo com pacientes com periodontite revela que escovas interdentais e palhetas interdentais de borracha são mais eficientes na redução da placa e...

Crianças com aftas, o que fazer?

As aftas geralmente são úlceras rasas, brancas, cinzas ou amareladas com borda vermelha que podem durar até duas semanas. Algumas pessoas as confundem...

Diabetes pode enfraquecer os dentes e favorecer a cárie dentária

Diabetes, enfraquecimento dos dentes e cáries Pessoas com diabetes tipo 1 e tipo 2 são propensas a cáries dentárias, e um novo estudo...

Que tal você se juntar aos nossos clientes e se tornar um case de sucesso também?