Tratamento da periodontite pode auxiliar na diminuição da pressão arterial

Tratar a periodontite pode ajudar a diminuir a pressão arterial, de acordo com um estudo recentemente publicado. O estudo realizado na Universidade de Guangzhou, na China, revela que tratar as doenças periodontais pode ajudar pacientes com potencial para o desenvolvimento de quadros hipertensivos.

Para chegar a esta conclusão, os pesquisadores partiram de uma amostragem de 107 mulheres e homens chineses com mais de 18 anos com pressão arterial no limiar mais elevado da normalidade e que foram divididos em dois grupos – um recebeu tratamentos convencionais e outro recebeu tratamentos intensivos.

O tratamento padrão incluiu instruções de higiene oral básicas e limpeza dentária com remoção da placa bacteriana subgengival. O tratamento intensivo, por sua vez, incluiu o tratamento padrão assim como uma limpeza profunda com anestesia local, tratamento com antibióticos e extrações dentárias nos casos em que foi necessário.

Resultado: números expressivos

De acordo com os autores do estudo, um mês após o tratamento, a pressão arterial sistólica estava três pontos mais baixa que inicialmente no caso dos pacientes que receberam o tratamento intensivo. Na pressão arterial diastólica não se registaram alterações. Três meses depois do tratamento, a pressão arterial sistólica tinha baixado oito pontos e a pressão arterial diastólica diminuiu quatro pontos. Seis meses depois, a diminuição da pressão arterial sistólica chegou aos 13 pontos e aos 10 pontos no caso da pressão arterial diastólica.

Sugestões de leitura

Aparelho de cerâmica

Aparelhos de cerâmica: Prós e Contras

Os aparelhos cerâmicos realinham, ajustam e endireitam os dentes da mesma forma que os aparelhos metálicos tradicionais.  No entanto, os aparelhos cerâmicos têm...

Patógeno da periodontite e a conexão com a doença de Alzheimer

Um estudo investigando o papel do Treponema denticola (T. denticola) na patogênese da doença de Alzheimer foi apresentado por Zhiqun Tang do Hospital...

Esclerose múltipla e extrações dentárias

A esclerose múltipla costuma causar fadiga extrema e dificuldades físicas que podem tornar desafiador ao paciente cuidar de sua saúde bucal. Como resultado,...

Mais eficientes na redução da placa e da inflamação gengival

Novo estudo com pacientes com periodontite revela que escovas interdentais e palhetas interdentais de borracha são mais eficientes na redução da placa e...

Crianças com aftas, o que fazer?

As aftas geralmente são úlceras rasas, brancas, cinzas ou amareladas com borda vermelha que podem durar até duas semanas. Algumas pessoas as confundem...

Diabetes pode enfraquecer os dentes e favorecer a cárie dentária

Diabetes, enfraquecimento dos dentes e cáries Pessoas com diabetes tipo 1 e tipo 2 são propensas a cáries dentárias, e um novo estudo...

Que tal você se juntar aos nossos clientes e se tornar um case de sucesso também?