Conheça como o Dentalis pode ajudar o seu consultório

Uso de clorexidina por mulheres grávidas com periodontite diminui risco de parto prematuro

Pesquisa publicada em dezembro de 2022 no The Journal Of The American Medical Association evidencia os benefícios do uso de clorexidina por mulheres grávidas com periodontite aliado ao tratamento convencional: raspagem e alisamento radicular.

Esses estudos observacionais incluíram ensaios clínicos randomizados. A periodontite pré-natal tratada com enxaguante bucal com clorexidina mais tratamento periodontal foi associada a um menor risco de parto prematuro e baixo peso ao nascer em comparação com o grupo controle de participantes grávidas que não receberam tratamento periodontal ou usaram enxaguante bucal com clorexidina durante a gravidez.

A periodontite materna está associada a fatores de risco, como resultados adversos do nascimento envolvendo parto prematuro e nascimento de bebês de baixo peso.

A pesquisa

A pesquisa atual se concentra em descobrir os resultados em termos de resultados de parto reduzidos, ou seja, parto prematuro com menos de 37 semanas de gestação e nascimento com baixo peso, menos de 2,5 kg, usando clorexidina com tratamento de raspagem e alisamento radicular. A pesquisa foi realizada em uma escala maior, e a meta-análise incluiu 12 estudos nos quais participaram 5.735 mulheres grávidas.

Dois grupos foram construídos para a avaliação sob o estudo, ou seja, grupo de intervenção, incluindo mulheres grávidas submetidas ao tratamento convencional de raspagem e alisamento radicular com/sem enxaguante de clorexidina para periodontite, e grupos de controle, incluindo mulheres grávidas submetidas a nenhuma terapia para periodontite.

Resultados do estudo

A diminuição do risco de resultados adversos do nascimento (parto prematuro e baixo peso) foi observada nos grupos de intervenção que receberam o tratamento convencional juntamente com o uso de clorexidina para periodontite materna.

Os resultados após o estudo confirmaram o impacto positivo do uso da clorexidina quando associada ao tratamento convencional da periodontite para redução de desfechos adversos ao nascimento.

Conclusões

Esses achados sugerem que o tratamento da periodontite materna com enxaguante de clorexidina aliado ao tratamento convencional demonstrou redução do risco de prematuridade e baixo peso de bebês ao nascer. Mais estudos se mostram necessários para testar essa hipótese.

Siga a Dentalis no Instagram @DentalisSoftware, no Facebook @Dentalis. Software, e no Twitter @Dentalisnet

Fontes: Association of Chlorhexidine Use and Scaling and Root Planing With Birth Outcomes in Pregnant Individuals With Periodontitis, Chlorhexidine use among pregnant women with periodontitis may improve birth outcomes

Conheça como o Dentalis pode ajudar o seu consultório

Sugestões de leitura

Solução de Fluoreto de Diamina: Redução de até 80% das Cáries em Crianças

Novo estudo descobriu que uma solução barata usada para tratar dentes sensíveis pode ser tão eficaz quanto os selantes dentários na prevenção da...

Aplicações da Inteligência Artificial na Odontologia

A inteligência artificial (IA) já é uma realidade na odontologia, que pode crescer muito nos próximos anos, com muitos benefícios.

Pacientes em uso de Ozempic: quais cuidados o dentista deve ter

Quais cuidados o dentista precisa ter antes da realização de procedimentos com anestesia que exijam sedação profunda

Arma Promissora Contra o Câncer de Boca

A hesperidina, um composto natural, pode ser uma alternativa promissora para o tratamento do câncer de boca, com efeitos colaterais mínimos.

Novo teste para câncer de boca: mais simples, preciso e acessível

Conheça o novo teste que promete o diagnóstico rápido do câncer bucal e que poderá ser realizado na clínica ou consultório odontológico

Broto de bambu: esperança natural contra a cárie dentária?

Cárie dentária é uma preocupação constante para a saúde bucal. Felizmente, pesquisas recentes lançam luz sobre uma possível solução natural para este problema:...