Deixe seus dados para receber mais conteúdo no futuro

    Você toparia ter uma teleconsulta com um dentista para um atendimento inicial? SimNão

    Como evitar que os dentes fiquem amarelados

    Dentes amarelados são um problema comum que pode ser causado por uma variedade de fatores, incluindo hábitos alimentares, tabagismo e envelhecimento. No entanto, é possível evitar que os dentes fiquem amarelados adotando algumas medidas simples de higiene bucal e evitando hábitos prejudiciais.

    O que torna os dentes amarelados?

    O esmalte é a camada externa do dente responsável pela sua cor branca natural. Com o tempo, o esmalte pode se desgastar devido ao uso, à idade ou a fatores externos, como alimentos e bebidas ácidos. Isso pode expor a camada subjacente da dentina, que é amarela.

    Os principais fatores que contribuem para o amarelamento dos dentes são:

    Hábitos alimentares: alimentos e bebidas ricos em corantes, como café, chá, vinho tinto e refrigerantes, podem causar manchas nos dentes.

    Tabagismo: o tabaco contém substâncias que podem causar manchas e erosão do esmalte;

    Envelhecimento: o esmalte se desgasta naturalmente com o tempo, o que pode levar ao amarelamento dos dentes;

    Genética: Assim como algumas pessoas têm dentes tortos semelhantes aos dos pais, os dentes adultos de algumas pessoas têm um tom mais escuro do que a média. A cor dos dentes pode ser uma característica genética e você não nasceu com dentes retos e brancos, pode precisar de aparelho ortodôntico, clareamento dental ou ambos.

    Como prevenir dentes amarelados

    A melhor maneira de prevenir o amarelamento dos dentes é adotar uma rotina de higiene bucal adequada. Isso inclui escovar os dentes após as refeições com uma escova macia e um creme dental com flúor, usar fio dental também após as refeições e fazer visitas regulares ao dentista para limpezas profissionais.

    Além disso, é importante evitar hábitos que podem contribuir para o amarelamento dos dentes, como fumar e consumir alimentos e bebidas ricos em corantes.

    Dicas específicas para evitar que os dentes fiquem amarelados

    • Escove os dentes por pelo menos dois minutos, duas vezes ao dia, usando uma escova macia e um creme dental com flúor;
    • Use fio dental após as refeições para remover a placa bacteriana e os restos de alimento entre os dentes;
    • Faça visitas regulares ao dentista para limpezas profissionais, pelo menos a cada seis meses;
    • Evite fumar e consumir alimentos e bebidas ricos em corantes, como café, chá, vinho tinto e refrigerantes.

    Ao seguir essas dicas, você pode ajudar a manter seus dentes brancos e saudáveis por muitos anos.

    Siga a Dentalis no Instagram @DentalisSoftware, no Facebook @Dentalis. Software, e no Twitter @Dentalisnet

    Fontes: Dientes amarillos: causas, prevención y cuidados para evitarlos, 4 Causes for Yellow Teeth and How to Avoid Them

    Deixe seus dados para receber mais conteúdo no futuro

      Você toparia ter uma teleconsulta com um dentista para um atendimento inicial? SimNão

      Sugestões de leitura

      Batom antimicrobiano com cranberry pode prevenir herpes labial e outras doenças virais e bacterianas.

      Batom protetor: a solução para o herpes labial

      Batom antimicrobiano com cranberry pode prevenir herpes labial e outras doenças virais e bacterianas.

      Artigo recente destaca a conexão entre a perda de dentes e o maior risco para o desenvolvimento de depressão

      Perda de dentes e depressão. Qual a conexão?

      Artigo recente destaca a conexão entre a perda de dentes e o maior risco para o desenvolvimento de depressão.

      Como se livrar da constipação: dicas práticas

      Saiba como se livrar da constipação incorporando medidas simples e práticas ao seu dia a dia que irão prevenir esse problema

      Como manter um sorriso saudável ao longo da vida

      Dicas de como manter um sorriso saudável ao longo da vida, incluindo medidas preventivas e simples para uma boa higiene bucal

      Má saúde bucal e disbiose: ligação com câncer e doenças sistêmicas

      Estudos recentes mostram que a má saúde oral, ou disbiose oral, pode estar associada a uma série de doenças sistêmicas, incluindo câncer. A...

      Álcool e câncer: a conexão

      Pesquisas recentes evidenciam fortemente a conexão entre o consumo de álcool e o risco aumentado para o desenvolvimento do câncer