Diabetes e doenças gengivais

O diabetes e a saúde da gengiva

Manter a saúde bucal, dos dentes e das gengivas é uma parte importante do controle do diabetes.

Ter diabetes significa correr mais riscos de ter problemas odontológicos, como doença gengival, também chamada doença periodontal. É uma complicação comum do diabetes.

Vamos sucintamente falar dos riscos para a saúde bucal associados ao diabetes e o que você pode fazer para manter sua boca saudável.

Diabetes e doenças gengivais — qual a ligação

A doença gengival é muito comum e a maioria das pessoas a terá pelo menos uma vez na vida.

Mas ao ter diabetes, o indivíduo corre mais riscos.

Pessoas com diabetes tipo 2 têm cerca de três vezes mais probabilidade de desenvolver problemas dentários do que pessoas que não têm diabetesPessoas com diabetes tipo 1 também correm mais riscos.

Uma das causas mais comuns é ter níveis elevados de glicose no sangue por um longo tempo.

Muita glicose no sangue pode levar a mais açúcar na saliva, e esse é o terreno fértil e perfeito para as bactérias.

Num terreno fértil, as bactérias produzem ácido que ataca o esmalte dos dentes e danifica as gengivas.

Os níveis elevados de glicose no sangue também podem danificar os vasos sanguíneos das gengivas, o que aumenta a probabilidade de infecção.

E pode haver também o efeito reverso. Ou seja, a  doença gengival e a infecção podem elevar os níveis de açúcar no sangue, o que pode levar a outras complicações, como doenças cardíacas.

Cuidados interconectados

Cuidar de seus dentes e gengivas deve ser uma parte básica de como você lida com o seu diabetes.

Porque você pode prevenir essas complicações potenciais ou identificá-las com antecedência suficiente para obter o tratamento correto através de seu dentista.

Grande parte do controle do diabetes se trata de verificar regularmente o nível de glicose sanguínea e tentar mantê-la nos limites adequados.

Problemas odontológicos ligados ao diabetes

Os principais problemas bucais relacionados ao diabetes são:

  • Cárie dentária;
  • Gengivite;
  • Infecção no tecido mole e osso que suporta os dentes (periodontite);
  • Xerostomia (boca seca);
  • Infecções fúngicas (candidíase oral);
  • Irritação bucal e dor, que dificulta o uso de dentadura;
  • Perda dental;
  • Abscesso.

Os primeiros sinais de problemas bucais são vermelhidões, dor e mau hálito.

Ao notar isso, não ignore e marque uma consulta com seu dentista.

Obter o tratamento correto no início pode prevenir infecções graves, perda de dentes e outras complicações no futuro

Como manter sua boca saudável

Em resumo, segue o que você precisa pensar para proteger seus dentes e gengivas:

  • Verificar os níveis de glicose no sangue — verifique-os regularmente e tente mantê-los nos limites desejados;
  • Escovar os dentes sempre após as refeições e use o fio dental regularmente;
  • Consultar o seu dentista — ter diabetes significa também ir regularmente consultar seu dentista;
  • Escolher alimentos e bebidas certos — seguir uma dieta saudável e equilibrada com baixo teor de açúcar e carboidratos;
  • Não fumar — fumar enfraquece o sistema imunológico, dificultando o combate a infecções na gengiva.

E tendo uma doença gengival, fumar dificulta a cicatrização das gengivas. Busque ajuda especializada para parar de fumar;

  • Manter suas dentaduras limpas — se você as usar, certifique-se de limpá-las regularmente, pois o acúmulo de bactérias pode causar problemas.

Lembre-se de falar com seu dentista e seu médico que trata seu diabetes para obter mais conselhos, se necessário

Nós do Dentalis desejamos a nossos leitores do blog um Natal, repleto de luz, paz e amor

Feliz Natal a todos!

Siga a Dentalis no Instagram @DentalisSoftware, no Facebook @Dentalis.Software, e no twitter @Dentalisnet

Fontes: Diabetes Mellitus and Periodontal DiseasesDiabetes and Periodontal Diseases: An Established Two-Way Relationship 

Sugestões de leitura

Aparelho de cerâmica

Aparelhos de cerâmica: Prós e Contras

Os aparelhos cerâmicos realinham, ajustam e endireitam os dentes da mesma forma que os aparelhos metálicos tradicionais.  No entanto, os aparelhos cerâmicos têm...

Patógeno da periodontite e a conexão com a doença de Alzheimer

Um estudo investigando o papel do Treponema denticola (T. denticola) na patogênese da doença de Alzheimer foi apresentado por Zhiqun Tang do Hospital...

Esclerose múltipla e extrações dentárias

A esclerose múltipla costuma causar fadiga extrema e dificuldades físicas que podem tornar desafiador ao paciente cuidar de sua saúde bucal. Como resultado,...

Mais eficientes na redução da placa e da inflamação gengival

Novo estudo com pacientes com periodontite revela que escovas interdentais e palhetas interdentais de borracha são mais eficientes na redução da placa e...

Crianças com aftas, o que fazer?

As aftas geralmente são úlceras rasas, brancas, cinzas ou amareladas com borda vermelha que podem durar até duas semanas. Algumas pessoas as confundem...

Diabetes pode enfraquecer os dentes e favorecer a cárie dentária

Diabetes, enfraquecimento dos dentes e cáries Pessoas com diabetes tipo 1 e tipo 2 são propensas a cáries dentárias, e um novo estudo...

Que tal você se juntar aos nossos clientes e se tornar um case de sucesso também?