Estudantes de Odontologia também sofrem com dores na coluna

Os estudantes de odontologia já começam a sofrer de dores músculo-esqueléticas ainda antes do início de suas atividades profissionais. A conclusão é de um estudo realizado junto a alunos do King’s College London Dental Institute, em que aproximadamente metade dos participantes na pesquisa admitem sofrer de períodos prolongados de dor na região lombar e outras zonas do sistema músculo-esquelético.

A pesquisa publicada no British Dental Journal revela que, apesar da dor, apenas um em cada cinco alunos procura tratamento profissional para resolver o problema.

“Enquanto a dor em dentistas devido a uma postura incorreta e a posições estáticas prolongadas durante os tratamentos é relativamente bem compreendida, este estudo é o primeiro a realizar uma investigação extensiva para determinar o quanto precocemente estes problemas se iniciam na carreira.

Dor lombar: prevalência elevada entre estudantes

É que, segundo os resultados, as dores na região lombar têm uma prevalência muito elevada entre os alunos, com mais de 50% dos pesquisados no King’s College London Dental Institute que revelaram já ter sofrido dores na coluna pelo menos durante 30 dias a cada período de 1 ano de formação.

“A dor crônica nas costas e na cervical é um problema conhecido entre dentistas, a ponto de alguns desistirem de exercer a profissão”, explica Mark Woolford, Reito no Dental Institute, onde o estudo foi realizado. “É essencial que as escolas de odontologia estejam atentas a isso e estejam tomando providências para orientar e apoiar estes dentistas, já no início das suas carreiras”.

Sugestões de leitura

Aparelho de cerâmica

Aparelhos de cerâmica: Prós e Contras

Os aparelhos cerâmicos realinham, ajustam e endireitam os dentes da mesma forma que os aparelhos metálicos tradicionais.  No entanto, os aparelhos cerâmicos têm...

Patógeno da periodontite e a conexão com a doença de Alzheimer

Um estudo investigando o papel do Treponema denticola (T. denticola) na patogênese da doença de Alzheimer foi apresentado por Zhiqun Tang do Hospital...

Esclerose múltipla e extrações dentárias

A esclerose múltipla costuma causar fadiga extrema e dificuldades físicas que podem tornar desafiador ao paciente cuidar de sua saúde bucal. Como resultado,...

Mais eficientes na redução da placa e da inflamação gengival

Novo estudo com pacientes com periodontite revela que escovas interdentais e palhetas interdentais de borracha são mais eficientes na redução da placa e...

Crianças com aftas, o que fazer?

As aftas geralmente são úlceras rasas, brancas, cinzas ou amareladas com borda vermelha que podem durar até duas semanas. Algumas pessoas as confundem...

Diabetes pode enfraquecer os dentes e favorecer a cárie dentária

Diabetes, enfraquecimento dos dentes e cáries Pessoas com diabetes tipo 1 e tipo 2 são propensas a cáries dentárias, e um novo estudo...

Que tal você se juntar aos nossos clientes e se tornar um case de sucesso também?