FDA recomenda uso mais restrito da codeína e do tramadol, saiba os motivos

A Food and Drug Administration (FDA) está restringindo o uso de codeína e tramadol em crianças. A codeína é aprovada para tratar a dor e a tosse, o tramadol é aprovado para tratar a dor, ambos apenas para uso em adultos. Estes medicamentos apresentam sérios riscos, incluindo respiração lenta ou difícil e morte, que parecem ser um risco maior em crianças com menos de 12 anos, e não devem ser utilizados nesta faixa etária. Estes medicamentos também devem ser limitados em algumas crianças mais velhas.

Também recomenda-se contra o uso de codeína e tramadol em mães que estejam amamentando devido a possíveis danos aos seus bebês.

As novas recomendações limitam ainda mais o uso destes medicamentos, para além da restrição feita em 2013 do uso de codeína em crianças com menos de 18 anos para tratar a dor após cirurgia para remoção das tonsilas e/ou adenoides.

A FDA acrescenta agora as seguintes restrições:

✓Contraindica, com recomendação em bula, o uso de codeína e tramadol em crianças alertando que a codeína não deve ser usada para tratar dor ou tosse e o tramadol não deve ser usado para tratar a dor em crianças menores de 12 anos.

✓Uma nova contraindicação na bula do tramadol adverte contra o seu uso em crianças menores de 18 anos para tratar a dor após a cirurgia para remoção das amígdalas2 e/ou adenoides.

✓Um novo aviso nas bulas de codeína e tramadol recomenda contra o seu uso em adolescentes, entre 12 e 18 anos, que são obesos ou têm condições como apneia obstrutiva do sono3 ou doença pulmonar grave, o que pode aumentar o risco de problemas respiratórios graves.

✓Um reforço nas advertências para as mães de que o aleitamento materno não é recomendado quando se tomam medicamentos com codeína ou tramadol, devido ao risco de reações adversas graves em lactentes5 amamentados. Estes podem incluir o excesso de sonolência, a dificuldade de amamentar ou problemas respiratórios graves que poderiam resultar em morte.

É recomendado que todos observem atentamente os sinais de problemas respiratórios em uma criança de qualquer idade que esteja fazendo uso destes medicamentos ou em crianças expostas à codeína ou ao tramadol através do leite materno. Estes sinais incluem respiração lenta ou superficial, dificuldade respiratória ou respiração barulhenta, confusão mental, sonolência maior do que o usual, dificuldade para amamentar ou fraqueza muscular. Caso algum destes sinais sejam notados, recomenda-se parar com a medicação e procurar assistência médica imediatamente em hospital de emergência.

A codeína e o tramadol são medicamentos narcóticos chamados de opioides. A codeína é usada para tratar a dor leve a moderada e também para reduzir a tosse, aprovada para uso em adultos. É geralmente combinada a outros medicamentos, como o paracetamol, em remédios para dor, gripe ou resfriado. O tramadol é um medicamento aprovado apenas para uso em adultos para tratar dor moderada a moderadamente grave. No entanto, os dados mostram que estão sendo usados em crianças e adolescentes, apesar de não serem aprovados para uso nesses pacientes.

Fonte: FDA

Sugestões de leitura

Aparelho de cerâmica

Aparelhos de cerâmica: Prós e Contras

Os aparelhos cerâmicos realinham, ajustam e endireitam os dentes da mesma forma que os aparelhos metálicos tradicionais.  No entanto, os aparelhos cerâmicos têm...

Patógeno da periodontite e a conexão com a doença de Alzheimer

Um estudo investigando o papel do Treponema denticola (T. denticola) na patogênese da doença de Alzheimer foi apresentado por Zhiqun Tang do Hospital...

Esclerose múltipla e extrações dentárias

A esclerose múltipla costuma causar fadiga extrema e dificuldades físicas que podem tornar desafiador ao paciente cuidar de sua saúde bucal. Como resultado,...

Mais eficientes na redução da placa e da inflamação gengival

Novo estudo com pacientes com periodontite revela que escovas interdentais e palhetas interdentais de borracha são mais eficientes na redução da placa e...

Crianças com aftas, o que fazer?

As aftas geralmente são úlceras rasas, brancas, cinzas ou amareladas com borda vermelha que podem durar até duas semanas. Algumas pessoas as confundem...

Diabetes pode enfraquecer os dentes e favorecer a cárie dentária

Diabetes, enfraquecimento dos dentes e cáries Pessoas com diabetes tipo 1 e tipo 2 são propensas a cáries dentárias, e um novo estudo...

Que tal você se juntar aos nossos clientes e se tornar um case de sucesso também?