Ferramenta de baixo custo pode facilitar detecção precoce de cáries

Ao afetar 60–90 por cento das crianças em idade escolar e quase todos os adultos, as cáries dentárias são a doença bucal com mais prevalência no mundo. Como os métodos atuais de detecção, como inspeção visual e radiografias, carecem de especificação e sensibilidade suficientes para detectar cáries em estágio inicial, pesquisadores ao procurar meios melhorados de detecção descreveram um novo método que possibilita a detecção em etapa inicial usando radiação infravermelha longa de baio custo.

A ferramenta de baixo custo de imagem termofotônica em lock-in (TPLI, na sigla em inglês) incorpora luz a laser de intensidade modulada com câmera de radiação infravermelha longa permite a detecção incipiente de cárie com mais antecedência do que as radiografias ou análise visual das superfícies dentárias.

A câmera é altamente adequada para a integração em plataformas consultórios por não ser invasiva, e por ser leve e de baixo custo.

Teste de eficácia

Para testar a eficácia desta nova ferramenta de imagem, os pesquisadores da Universidade de York em Toronto induziram artificialmente desmineralização precoce em um molar humano extraído ao submerge-lo em solução ácida por dois, quarto, sei, oito e dez dias. A foto TPLI tirada após dois dias mostrou claramente a presença da lesão onde um profissional odontólogo bem treinado não poderia detectar visualmente a mesma lesão, mesmo após os dez dias de desmineralização.

Ao comentar os resultados do estudo, o Prof. Andreas Mandelis do Departamento de Engenharia Mecânica e Industrial da Universidade de Toronto declarou: “Este paper terá um grande impacto no modo como os dentistas diagnosticam a incipiência da cárie. A tecnologia de imagem de comprimento de onda longa termofotônica IR está em andamento inicial, mas este paper a aproxima dos consultórios dentários”.

O estudo, intitulado “ First step toward translation of thermophotonic lock-in imaging to dentistry as an early caries detection technology ”, foi publicado em setembro na edição da revista Journal of Biomedical Optics.

Sugestões de leitura

Aparelho de cerâmica

Aparelhos de cerâmica: Prós e Contras

Os aparelhos cerâmicos realinham, ajustam e endireitam os dentes da mesma forma que os aparelhos metálicos tradicionais.  No entanto, os aparelhos cerâmicos têm...

Patógeno da periodontite e a conexão com a doença de Alzheimer

Um estudo investigando o papel do Treponema denticola (T. denticola) na patogênese da doença de Alzheimer foi apresentado por Zhiqun Tang do Hospital...

Esclerose múltipla e extrações dentárias

A esclerose múltipla costuma causar fadiga extrema e dificuldades físicas que podem tornar desafiador ao paciente cuidar de sua saúde bucal. Como resultado,...

Mais eficientes na redução da placa e da inflamação gengival

Novo estudo com pacientes com periodontite revela que escovas interdentais e palhetas interdentais de borracha são mais eficientes na redução da placa e...

Crianças com aftas, o que fazer?

As aftas geralmente são úlceras rasas, brancas, cinzas ou amareladas com borda vermelha que podem durar até duas semanas. Algumas pessoas as confundem...

Diabetes pode enfraquecer os dentes e favorecer a cárie dentária

Diabetes, enfraquecimento dos dentes e cáries Pessoas com diabetes tipo 1 e tipo 2 são propensas a cáries dentárias, e um novo estudo...

Que tal você se juntar aos nossos clientes e se tornar um case de sucesso também?