Conheça como o Dentalis pode ajudar o seu consultório

Material otimizado para restaurar o esmalte dos dentes

Um material otimizado para restaurar o esmalte dos dentes. É o resultado do trabalho de cientistas que aperfeiçoaram a hidroxiapatita, essencial na mineralização de ossos e dentes.

Ao adicionar um complexo de aminoácidos à hidroxiapatita, eles conseguiram formar um revestimento dentário que replica a composição e a microestrutura do esmalte natural.

Tão resistente quanto o esmalte natural

A composição melhorada do material repete as características da superfície do dente ao nível molecular e estrutural e, em termos de resistência, supera o tecido natural. O novo método de restauração dentária pode ser utilizado para reduzir a sensibilidade dos dentes em caso de abrasão do esmalte ou para restaurá-lo após erosão ou dieta inadequada. O estudo e os resultados experimentais foram publicados na revista Results in Engineering .

“O esmalte dental tem uma função protetora, mas infelizmente sua integridade pode ser destruída por, por exemplo, por abrasão, erosão ou microfraturas.

Se a superfície do tecido não for reparada a tempo, a lesão do esmalte afetará a dentina e depois a polpa do dente.

Portanto, é necessário restaurar a superfície do esmalte a um nível saudável ou construir camadas adicionais na superfície se ela se tornar muito fina.

Os cientistas criaram uma camada mineralizada biomimética (ou seja, imitando o natural) cujos nanocristais replicam o ordenamento de nanocristais de apatita do esmalte dentário.

A camada de hidroxiapatita foi projetada para aumentar a nano dureza que excede a do esmalte nativo, de acordo com Pavel Seredin, chefe do Departamento de Física do Estado Sólido e Nanoestruturas da Universidade Estadual de Voronezh.

O que é a hidroxiapatita?

A hidroxiapatita é um componente importante dos ossos e dentes humanos.

Os cientistas selecionaram um complexo de aminoácidos orgânicos e polares polifuncionais, incluindo, por exemplo, lisina, arginina e histidina, que são importantes para a formação e reparo de estruturas ósseas e musculares.

Os aminoácidos escolhidos possibilitaram a obtenção da hidroxiapatita, que é morfologicamente completamente semelhante à apatita (principal componente dos tecidos) do esmalte dentário.

Os pesquisadores também descreveram as condições do ambiente em que deveriam ocorrer os processos de ligação da hidroxiapatita ao tecido dentário. Somente se essas condições forem atendidas é possível reproduzir totalmente a estrutura do esmalte natural.

Hidroxiapatita melhorada

Tradicionalmente na odontologia, os materiais restauradores compostos são usados ​​na restauração do esmalte. Para aumentar a eficiência de união do esmalte e do compósito, a técnica de restauração envolve previamente o condicionamento ácido do esmalte. Os produtos de condicionamento deixados para trás podem nem sempre ter um efeito positivo na união de esmalte e materiais sintéticos. Para reproduzir as camadas de esmalte com técnicas biomiméticas, neutralizamos os meios e removemos os produtos de condicionamento com álcalis de cálcio. Dessa forma, melhoramos a ligação das novas camadas de hidroxiapatita”, explica Seredin.

A formação de uma camada mineralizada com propriedades semelhantes às do tecido duro natural foi confirmada por microscopia eletrônica de emissão de campo e microscopia de força atômica , bem como por imagens químicas de áreas de superfície usando microespectroscopia Raman. O estudo foi realizado em dentes saudáveis ​​para eliminar a influência de fatores estranhos na camada resultante e poder comparar os resultados com dentes saudáveis. Em seguida, os pesquisadores enfrentarão o desafio de reparar defeitos maiores, que podem ser de natureza variada, desde os estágios iniciais de cárie até rachaduras e fraturas volumétricas.

Siga a Dentalis no Instagram @DentalisSoftware, no Facebook @Dentalis. Software, e no Twitter @Dentalisnet

Fonte: Engineering of biomimetic mineralized layer formed on the surface of natural dental enamel

Conheça como o Dentalis pode ajudar o seu consultório

Sugestões de leitura

Câncer bucal: novo teste para detecção

Novo teste que possibilita a detecção precoce do câncer bucal sem a necessidade de procedimentos invasivos. Conheça essa ótima novidade!

Solução de Fluoreto de Diamina: Redução de até 80% das Cáries em Crianças

Novo estudo descobriu que uma solução barata usada para tratar dentes sensíveis pode ser tão eficaz quanto os selantes dentários na prevenção da...

Aplicações da Inteligência Artificial na Odontologia

A inteligência artificial (IA) já é uma realidade na odontologia, que pode crescer muito nos próximos anos, com muitos benefícios.

Pacientes em uso de Ozempic: quais cuidados o dentista deve ter

Quais cuidados o dentista precisa ter antes da realização de procedimentos com anestesia que exijam sedação profunda

Quando levar seu bebê no dentista pela primeira vez?

A chegada do primeiro dentinho do bebê é um marco emocionante. Mas você sabia que esse momento também marca o início de uma...

A Raiz do Mau Hálito: A Ciência Revela

Ciência revela a origem do mau hálito e sua associação com as bactérias da flora bucal. Saiba como prevenir e tratar o mau...