Deixe seus dados para receber mais conteúdo no futuro

    Você toparia ter uma teleconsulta com um dentista para um atendimento inicial? SimNão

    O que fazer diante de uma raiz de dente exposta?

    Victor Hugo Cardoso • mai 31, 2021

    Raiz do dente exposta – o que fazer?

    A raiz do dente fica abaixo da linha da gengiva e ajuda a ancorar o dente na mandíbula. Uma raiz exposta pode indicar danos às gengivas ou dentes.

    Quando a raiz de um dente não está mais escondida pela gengiva, isso pode provocar sensibilidade e dor. Sem tratamento, pode causar infecção e outras complicações.

    Conheça as causas e os sintomas de uma raiz de dente exposta, bem como as opções de tratamento. Além disso, reconheça os sinais de que uma visita ao dentista é necessária.

    O que é exatamente uma raiz de dente exposta?

    Apenas cerca de metade de um dente é visível na boca. O resto fica colocado abaixo da linha da gengiva e fixa o dente na mandíbula.

    Esta parte oculta do dente é chamada de “raiz”.

    Todos os dentes têm pelo menos uma raiz, mas alguns têm duas ou três. Cada raiz se assemelha a um dente. Como o restante do dente, a raiz contém nervos e tecido sensível. Quando a raiz é exposta ao ar, pode ser danificada e causar dores intensas.

    Sintomas

    Muitos problemas odontológicos podem causar dor de dente e sensibilidade. Se os dentes parecerem mais finos perto da gengiva, ou se uma ou mais projeções como pontas forem visíveis, o problema pode ser uma raiz do dente exposta.

    Uma raiz exposta pode não ser visível, entretanto isso irá depender da localização do dente afetado.

    Em um dente localizado na parte frontal da boca, o indivíduo pode ser capaz de ver parte ou toda a raiz exposta se:

    • Danos nas gengivas expõem as estruturas mais profundas do dente;
    • O topo do dente quebrou, deixando a raiz visível;
    • O dente está começando a girar, afrouxar ou cair.

    Um indivíduo com uma raiz exposta também pode ter:

    • Dor ao escovar os dentes;
    • Sangramento nas gengivas;
    • Mudanças na forma das gengivas ou dentes.

    Causas

    A raiz de um dente pode ficar exposta como resultado de uma lesão repentina, como uma pancada na boca. A exposição pode acontecer gradualmente, devido à cárie dentária ou doença gengival.

    Ferimento na boca

    Lesões na boca podem quebrar ou mover os dentes, fazendo com que as raízes se tornem visíveis. Por exemplo, uma pancada no rosto pode fazer com que um dente se desloque na gengiva, expondo sua raiz.

    Recessão gengival

    Isso diz respeito à gengiva se afastando dos dentes ou puxando para baixo, expondo partes do dente que normalmente estariam escondidas. A recessão gengival severa pode expor as raízes dos dentes.

    A recessão gengival também pode fazer com que os dentes se tornem mais sensíveis ou doloridos.

    São fatores aumentam o risco de retração gengival, incluindo:

    • Doença gengival;
    • Escovar muito forte;
    • Envelhecimento;
    • Tabagismo;
    • Dentaduras mal ajustadas;
    • Dano de cirurgia ou lesão;
    • Predisposições genéticas.

    Cárie dentária

    A cárie dentária não tratada pode levar à exposição das raízes dos dentes. Geralmente, isso acontece lentamente com o passar do tempo.

    Como a cárie corrói a camada protetora de esmalte de um dente, o indivíduo pode ter maior sensibilidade ou dor. Eventualmente, a raiz pode se tornar visível, especialmente se a cárie for tão avançada que o dente seja seriamente afetado.

    Dentes mal alinhados

    Ter dentes desalinhados ou apinhados pode aumentar o risco de doenças gengivais e cáries, os quais podem expor as raízes dos dentes.

    Se os dentes estiverem muito desalinhados ou apinhados, eles também podem girar ou se deslocar, o que pode fazer com que suas raízes emerjam abaixo da linha da gengiva.

    Outros fatores

    Mais raramente, a raiz de um dente fica exposta por:

    • Uma restauração perdida;
    • Medicamentos que danificam os dentes ou suas raízes;

    Complicações da cirurgia oral, quando o cirurgião-dentista remove a maior parte do dente, mas deixa uma parte da raiz abaixo da linha da gengiva;

    Distúrbios e anomalias genéticas, como condições que causam raízes dentárias muito curtas.

    Raízes expostas e não expostas

    Apenas as partes superiores dos dentes saudáveis são visíveis. As gengivas devem ter uma aparência uniforme em todos os dentes, sem diferenças significativas na forma ou espessura.

    Se uma raiz for exposta devido à recessão gengival, a gengiva pode parecer irregular — com alguns dentes tendo menos tecido gengival do que outros. Também pode haver lacunas ou bolsas entre os dentes e as gengivas.

    Tratamentos

    A abordagem mais eficaz depende da causa da exposição da raiz do dente:

    Cárie: O dentista pode remover a área cariada do dente e inserir uma obturação. Se a cárie for severa, pode ser necessário um tratamento mais intensivo, como tratamento de canal, coroa ou mesmo a extração dentária;

    Recessão gengival: O dentista pode realizar procedimentos de raspagem e alisamento radicular para remover a placa bacteriana abaixo da linha gengival. Em alguns casos, o indivíduo poderá precisar de cirurgia para enxertar tecido gengival saudável em áreas de recessão severa;

    Trauma: pode exigir tratamento de emergência.

    Dependendo da lesão, o tratamento pode envolver tanto o dente quanto a mandíbula ou outras estruturas vizinhas;

    Dentes desalinhados: tratamentos ortodônticos, como aparelho ortodôntico, podem ajudar a alinhar os dentes. Um indivíduo com grave desalinhamento ou cárie pode necessitar de cirurgia.

    Quando preciso procurar um dentista?

    Ao perceber uma raiz de dente exposta, o indivíduo deve consultar um dentista o mais rápido possível.

    No entanto, uma raiz exposta nem sempre é visível, especialmente se o dente estiver na parte posterior da boca ou aglomerado por outros dentes. Por esse motivo, uma pessoa também deve consultar um dentista ao apresentar algum dos seguintes sintomas:

    • Sensibilidade ao frio ou calor;
    • Dor ao escovar os dentes;
    • Gengivas que sangram com frequência;
    • Mudanças na forma dos dentes ou gengivas.

    Procure atendimento odontológico de emergência se ocorrer alguma das seguintes situações:

    • Quebra de um dente;
    • Uma pancada forte na boca;
    • Dor intensa que não responde à medicação analgésica;
    • Dor de dente acompanhada de febre;
    • Qualquer outra indicação de infecção ou abscesso.

    Resumindo

    Uma raiz de dente exposta pode causar sensibilidade ou dor, que podem ser intensas. Existem muitas causas, incluindo cárie dentária, recessão gengival, trauma e dentes desalinhados.

    Qualquer pessoa que notar uma raiz de dente exposta ou apresentar sintomas deve consultar um dentista o mais rápido possível. O tratamento imediato reduz o risco de complicações, bem como a necessidade de tratamentos mais extensos.

    Siga a Dentalis no Instagram @DentalisSoftware, no Facebook @Dentalis.Software e no twitter @Dentalisnet

    Fontes: Geistlich PharmaMedical News Today

    Deixe seus dados para receber mais conteúdo no futuro

      Você toparia ter uma teleconsulta com um dentista para um atendimento inicial? SimNão

      Sugestões de leitura

      Diabetes e doença gengival – a conexão

      Estudos recentes reforçam a constatação de que diabetes e doença periodontal, como periodontite, estão diretamente ligados.

      Fio ou fita dental: qual é a melhor para sua higiene dental?

      Fio ou fita dental são essenciais à rotina diária de limpeza dos dentes. Mas afinal, qual devo escolher? Qual é melhor para você?

      Remédios para asma podem em maior ou menor grau trazerem problemas à sua saúde bucal. Saiba o que fazer e como evitar que isso aconteça.

      Remédios para asma podem fazer mal à saúde bucal?

      Remédios para asma podem em maior ou menor grau trazerem problemas à sua saúde bucal. Saiba o que fazer e como evitar que...

      Aprenda sobre a importância da saúde das gengivas e conheça dicas essenciais para mantê-las saudáveis ao longo da vida.

      Saúde das Gengivas: cuidados essenciais

      Aprenda sobre a importância da saúde das gengivas e conheça dicas essenciais para mantê-las saudáveis ao longo da vida.

      Derrame e saúde bucal: conheça a ligação

      Derrame e saúde bucal estão diretamente relacionados, é o que nos revela um estudo científico recente. Cuidar da saúde bucal é imprescindível.

      Hipersensibilidade dental

      Hipersensibilidade dental: como prevenir e aliviar

      Conheça dicas práticas do que você pode fazer para prevenir e aliviar a desagradável hipersensibilidade dental