O que são os denominados cistos mucosos?

Cistos mucosos são pequenos bolhas cheias de líquido (mucoceles) que tendem a se desenvolver na boca ou nos dedos das mãos e dos pés.

Elas não são prejudiciais, mas podem ser desconfortáveis.

Existem várias opções para removê-las. Este artigo analisa as diferentes variedades de cistos mucosos, suas causas e como podem ser tratados.

Cistos mucosos – variedades

Existem duas variedades principais de cistos mucosos:

Cistos da mucosa oral

Os cistos da mucosa oral se desenvolvem na boca.
Eles surgem perto das aberturas das glândulas salivares , geralmente nos lábios ou no assoalho da boca .

Um cisto no assoalho da boca é conhecido como rânula . Um cisto nas gengivas é denominado epúlide . Eles também podem se desenvolver em torno de um ‘piercing’. Os cistos da mucosa oral são mais comuns em pessoas com menos de 30 anos.

Cistos mucosos digitais

Os cistos mucosos também podem se desenvolver em outras áreas do corpo além da boca .
Os cistos digitais aparecem como bolsas firmes perto das articulações dos dedos das mãos ou dos pés . Essa variedade de cisto se forma como uma extensão da articulação.

Também é possível que eles se desenvolvam longe da articulação, como perto da base da unha ou da unha. Os cistos mucosos digitais são mais comuns em adultos mais velhos, geralmente em pessoas com mais de 70 anos .

Causas

Os cistos da mucosa oral costumam ser o resultado de lesões nos lábios ou no interior da boca.

Dentre as causas mais comuns estão:

  • Mordida de lábio ;
  • Hábito de chupar a parte interna da bochecha ;
  • Costume de chupar os lábios ;
  • Uso de ‘piercings’ ;
  • Crescimento anormal dos dentes .

O pensamento predominante é de que os cistos da mucosa oral que se desenvolvem no assoalho da boca sejam causados por uma glândula salivar bloqueada sob a língua.

Não está exatamente claro o que causa o aparecimento de um cisto mucoso digital . O fluido nas articulações dos dedos das mãos ou dos pés pode escapar por pequenos orifícios. Isso pode fazer com que a pele inche e crie um cisto. Esses pequenos orifícios podem se desenvolver como resultado do envelhecimento.

Cistos mucosos – Sintomas

Os cistos mucosos são bolsas finas que contêm líquido claro (mucoceles). Eles são geralmente lisos ou brilhantes na aparência e na cor rosa-azulada.

Os cistos podem variar em tamanho, mas geralmente têm cerca de 5–8 milímetros de largura. Os cistos mucosos geralmente não estão associados a nenhum outro sintoma além da presença do próprio cisto.

Eles podem ser desconfortáveis, mas, geralmente, não causam dor. Cistos orais grandes podem interferir na mastigação ou na fala . Também é possível de um cisto estourar. Isso fará com que o fluido vaze e pode acabar se tornando um foco de infecção.

Diagnóstico

Os cistos mucosos são fáceis de diagnosticar. O diagnóstico de um cisto se dá através de um breve exame físico da área afetada.

Em alguns casos, uma biópsia pode ser necessária para confirmar o diagnóstico.

Este procedimento envolve a coleta de uma pequena amostra de pele para exame ao microscópio.

A análise desta amostra ajudará a determinar se uma condição mais grave está presente, como câncer ou outro crescimento celular .

Outros testes possíveis incluem o ultrassom ou uma tomografia computadorizada.

Tratamento

O tratamento de um cisto mucoso geralmente não é necessário. Geralmente, o cisto cicatriza por conta própria com o tempo.

É importante não romper ou estourar o cisto.
Isso pode resultar em uma ferida aberta. Essa, pode infeccionar ou causar cicatrizes permanentes.

Com o tempo, o cisto se rompe como parte do processo de cicatrização.

Ocasionalmente, limpar o cisto com água salgada pode ajudar a prevenir a infecção. Com os cistos da mucosa oral, as pessoas devem evitar morder ou chupar os lábios, ou bochechas, pois isso pode agravá-los. O indivíduo deve consultar seu dentista se o cisto estiver causando desconforto ou persistir por mais de algumas semanas.
O dentista pode usar uma agulha estéril para romper o cisto manualmente.

Também é possível remover o cisto usando:

  • Tratamento a ‘laser’: o cisto pode ser cortado da pele com um ‘laser’ ;
  • Crioterapia: ao congelar o cisto, ele pode ser facilmente removido;
  • Cirurgia: em casos mais graves, o cisto pode ser removido cirurgicamente.
    A glândula que causou o cisto também é frequentemente removida .

A cirurgia é mais comum para cistos que reapareceram várias vezes. Remover um cisto mucoso geralmente é um procedimento seguro.
Em casos raros, a área circundante pode ser lesionada durante o processo.

Concluindo

Os cistos mucosos geralmente são inofensivos e podem se curar naturalmente.
Frequentemente, eles desaparecem em algumas semanas. Romper ou estourar cistos pode retardar o processo de cicatrização e aumentar o risco de infecção .

É aconselhável consultar seu dentista o se um cisto estiver causando dor ou desconforto, ou persistir por mais tempo que o normal.
Como já observamos existem várias opções disponíveis para a remoção de cistos mucosos.

Siga a Dentalis no Instagram @ DentalisSoftware , no Face @ Dentalis.Software e no Twitter @ Dentalisnet

Fontes: Journal of Clinical and Experimental Dentistry , American Ostheopatic College , Journal of Cutaneous Medicine and Surgery , East Sussex Healthcare

Sugestões de leitura

Morsicatio buccarum

Morder a parte interna da boca: o que causa esse hábito?

Mordeduras na parte interna da boca podem causar lesões na mucosa.  É um comportamento repetitivo e compulsivo.  Pode resultar em sangramento, inflamação e...

Aparelho de cerâmica

Aparelhos de cerâmica: Prós e Contras

Os aparelhos cerâmicos realinham, ajustam e endireitam os dentes da mesma forma que os aparelhos metálicos tradicionais.  No entanto, os aparelhos cerâmicos têm...

Patógeno da periodontite e a conexão com a doença de Alzheimer

Um estudo investigando o papel do Treponema denticola (T. denticola) na patogênese da doença de Alzheimer foi apresentado por Zhiqun Tang do Hospital...

Esclerose múltipla e extrações dentárias

A esclerose múltipla costuma causar fadiga extrema e dificuldades físicas que podem tornar desafiador ao paciente cuidar de sua saúde bucal. Como resultado,...

Mais eficientes na redução da placa e da inflamação gengival

Novo estudo com pacientes com periodontite revela que escovas interdentais e palhetas interdentais de borracha são mais eficientes na redução da placa e...

Crianças com aftas, o que fazer?

As aftas geralmente são úlceras rasas, brancas, cinzas ou amareladas com borda vermelha que podem durar até duas semanas. Algumas pessoas as confundem...

Que tal você se juntar aos nossos clientes e se tornar um case de sucesso também?