Deixe seus dados para receber mais conteúdo no futuro

    Você toparia ter uma teleconsulta com um dentista para um atendimento inicial? SimNão

    Oil pulling de óleo de coco reduz gengivite

    O estudo-piloto incluindo 60 adolescentes com idades entre 16 e 18 anos, com gengivite induzida por placa, dos quais metade realizou o oil pulling com óleo de coco além de sua rotina de higiene oral durante um período de 30 dias, enquanto que o restante funcionou como grupo controle.

    Exame Oral no momento basal e nos dias 1, 7, 15 e 30 verificou que ambos os índices gengivais e placa declinaram significativamente. Os pesquisadores observaram uma redução constante tanto das placas e dos valores do índice gengival logo após uma semana de terapia. Além disso, eles observaram uma diminuição de 50 por cento desses valores em quatro semanas, o que é comparável à diminuição produzida pela clorexidina. Em contraste com a clorexidina, no entanto, nenhuma alteração do paladar e da coloração dos dentes, que são efeitos colaterais comuns de longo-prazo com uso de clorexidina, foram relatados no grupo teste.

    Um número de estudos tem mostrado que o oil pulling ou swishing reduz gengivite. Em 2007, por exemplo, o oil pulling com óleo de girassol foi achado para reduzir a placa bacteriana e os índices gengivais após 45 dias. No entanto, esse estudo é o primeiro a investigar os benefícios do óleo de coco a este respeito.

    Até hoje, o mecanismo pelo qual o oil pulling funciona não é totalmente compreendido. Segundo os pesquisadores, seu efeito diminuidor da placa poderia ser atribuído as forças mecânicas de cisalhamento que podem reduzir a aderência da placa bacteriana. Outra explicação possível é a composição do óleo de coco. Ele contém 92 por cento de ácidos saturados, com aproximadamente 50 por cento dos quais é ácido láurico, que tem provado efeitos anti-inflamatórios e antimicrobianos. O interessante é que, o leite materno é a única outra substância que ocorre naturalmente com essa grande concentração de ácido láurico, os pesquisadores disseram. Eles concluíram que maiores estudos sobre os efeitos e potencial antimicrobiano do óleo de coco são necessários para verificar essas hipóteses.

    O estudo, intitulado “Efeito do óleo de coco na placa dental relacionada à gengivite – Um relatório preliminar”, foi publicado na edição de março/abril da Nigerian Medical Journal. O estudo foi realizado na Faculdade de Odontologia da Kannur na Índia.​

    Deixe seus dados para receber mais conteúdo no futuro

      Você toparia ter uma teleconsulta com um dentista para um atendimento inicial? SimNão

      Sugestões de leitura

      Impacto da Doença Renal Crônica na Saúde Bucal de Mulheres Pós-Menopausa

      Mulheres com idade mais avançada e portadoras de doença renal crônica estão mais expostas ao risco da perda de dentes a ponto de...

      Periodontite e o Risco de AVC em Pessoas com Menos de 50 anos

      A periodontite, uma inflamação das estruturas que sustentam nossos dentes, pode aumentar muito o risco de AVC (derrame cerebral) em pessoas com menos...

      Alerta para os riscos do Xilitol – Novo Estudo

      Um recente estudo, publicado no European Heart Journal, revelou uma ligação preocupante entre o consumo de xilitol, um adoçante de baixas calorias, e...

      Câncer bucal: o dentista pode ser o primeiro a detectar

      Quando vamos ao dentista, geralmente buscamos resolver um problema dental que esteja nos incomodando, obter uma limpeza dental ou melhorar a estética dos...

      Infecções Bucais: Causas, Sintomas e Tratamentos

      Infecções na boca podem ser bem incômodas e causar preocupação, tornando tarefas do dia a dia, como comer ou escovar os dentes, mais...

      Novo Medicamento pode Regenerar Dentes Perdidos

      Os cientistas vêm obtendo progresso no desenvolvimento de um novo medicamento que pode ajudar a regenerar os dentes. Sim, regenerar os dentes. O...