Mais eficientes na redução da placa e da inflamação gengival

Novo estudo com pacientes com periodontite revela que escovas interdentais e palhetas interdentais de borracha são mais eficientes na redução da placa e da inflamação gengival.

O estudo mostra que, para alcançar o mais alto padrão de limpeza interdental, escovas interdentais e palhetas interdentais de borracha são os dispositivos mais eficazes.

É o que assegura Filippo Graziani, Professor de Periodontologia na Unidade de Odontologia e Cirurgia Oral (Sub-Unidade de Periodontologia, Halitose, Medicina Periodontal) Hospital Universitário de Pisa, Itália.

Um estudo recém-publicado comparou a eficácia de quatro diferentes dispositivos de higiene bucal na redução da placa e inflamação gengival em pacientes com periodontite. 

Os resultados mostraram que as escovas interdentais e os palitos interdentais de borracha se mostraram superiores em relação à escovação isolada e à escovação combinada com fio dental.

A pesquisa, publicada no International Journal of Dental Hygiene, tem implicações importantes para pacientes odontológicos com periodontite, a doença inflamatória destrutiva dos tecidos de suporte do dente e principal causa de perda dental. Conforme mencionado pelos autores em seu artigo, a pesquisa mostra que aproximadamente 30% da população adulta com mais de 50 anos é afetada por essa doença.

O estudo

Ao utilizar-se apenas uma escova de dentes, ou com o uso adicional de dispositivos interdentais, os níveis de placa e inflamação gengival já demonstraram redução.

No entanto, em comparação com o uso de uma escova de dentes de forma isolada, ou em combinação com fio dental, outros benefícios também foram observados na redução da placa e inflamação quando escovas interdentais e palhetas interdentais de borracha foram usadas. Embora isso concorde com os achados de estudos anteriores, eles não se restringiram apenas a pacientes com periodontite, tornando o presente estudo único.

O estudo foi liderado por pesquisadores e clínicos do Departamento de Patologia Cirúrgica, Médica e Molecular e Medicina Intensiva da Universidade de Pisa, Itália, na Subunidade de Periodontologia, Halitose, Medicina Periodontal. A empresa internacional de saúde bucal Sunstar disponibilizou as palhetas ou palitos interdentais de borracha para o estudo.

Metodologia da pesquisa

Os pacientes foram alocados aleatoriamente em quatro grupos de 15 participantes cada — grupo escova de dentes manual,  e os demais grupos escova de dente mais fio dental, escova de dentes mais escovas interdentais e grupo escova de dentes mais palitos interdentais de borracha

As instruções de higiene oral foram fornecidas na linha de base em uma semana  e depois quinzenalmente. Em tempo zero realizou-se a limpeza profissional supragengival. Confirmaram-se os índices obtidos de placa e sangramento em todos os momentos por um único examinador calibrado, que desconhecia a alocação do grupo.

Resultados

Os resultados corroboram as recomendações atuais de tratamento periodontal e podem ter implicações importantes para a prática diária, como explica o líder da pesquisa Filippo Graziani, Professor de Periodontologia da Unidade de Odontologia e Cirurgia Oral (Sub-Unidade de Periodontologia, Halitose, Medicina Periodontal), da Universidade Hospital de Pisa, Itália: 

A limpeza interdental é um fator crucial na manutenção da saúde periodontal durante e após o tratamento em pacientes afetados pela periodontite. Nosso estudo mostra que, para alcançar o mais alto padrão de limpeza interdental, escovas interdentais ou palhetas interdentais de borracha são os dispositivos mais eficazes”.

Resumindo

Comprovou-se que os palitos interdentais de borracha e as escovas interdentais são mais eficientes na redução da placa e da inflamação gengival. Um achado que se mostrou de acordo as expectativas dos pesquisadores. 

O ideal seria associar  a rotina de escovação e uso regular do fio dental aquele de utilização de escovas interdentais e palhetas de borracha, o que certamente traria inúmeros benefícios, especialmente aqueles pacientes com periodontite.

Siga a Dentalis no Instagram @DentalisSoftware, no Facebook @Dentalis. Software, e no Twitter @Dentalisnet

Fontes:  Interdental plaque reduction after the use of different devices in patients with periodontitis and interdental recession: A randomized clinical trial, Borrell LN, Papapanou PN. Epidemiologia analítica da periodontite. J Clin Periodontal,  Albander JM. Epidemiologia e fatores de risco das doenças periodontais. Dent Clin North Am,  Worthington HV, MacDonald L, Poklepovic Pericic T, Sambunjak D, Johnson TM, Imai P,

Clarkson JE. Uso doméstico de dispositivos de limpeza interdental, além da escovação dos dentes, para prevenção e controle de doenças periodontais e cáries dentárias. Banco de Dados Cochrane de Revisões Sistemáticas 2019, Edição 4. Art. Nº: CD012018, Chapple ILC, Van der Weijden F, Doerfer C, et al. Prevenção primária da periodontite: manejo da gengivite. J Clin Periodontal. 2015;42(Suplemento 1):S71-S76, Cepeda MS, Weinstein R, Blacketer C, Lynch MC. Associação de uso do fio dental/limpeza interdental e periodontite em adultos. J Clin Periodontal. 2017;44(9):866-871.

Sugestões de leitura

Aparelho de cerâmica

Aparelhos de cerâmica: Prós e Contras

Os aparelhos cerâmicos realinham, ajustam e endireitam os dentes da mesma forma que os aparelhos metálicos tradicionais.  No entanto, os aparelhos cerâmicos têm...

Patógeno da periodontite e a conexão com a doença de Alzheimer

Um estudo investigando o papel do Treponema denticola (T. denticola) na patogênese da doença de Alzheimer foi apresentado por Zhiqun Tang do Hospital...

Esclerose múltipla e extrações dentárias

A esclerose múltipla costuma causar fadiga extrema e dificuldades físicas que podem tornar desafiador ao paciente cuidar de sua saúde bucal. Como resultado,...

Nova estratégia para prevenção e tratamento da cárie dentária

Uma das infecções mais comuns relacionadas ao biofilme é a cárie dentária, que afeta uma população de mais de 60% das crianças e...

câncer oral

Razões para o atraso do diagnóstico do câncer oral

O câncer oral e o atraso no diagnóstico é um problema a ser superado. O câncer de oral continua sendo diagnosticado em estágios...

Primeiro teste rápido de câncer oral do mundo

O qMIDS, o primeiro teste rápido de câncer oral do mundo, foi desenvolvido pela Queen Mary University of London e uma equipe internacional...

Que tal você se juntar aos nossos clientes e se tornar um case de sucesso também?