Prescrição de antibióticos por dentistas em tendência de alta

Um grupo de pesquisadores canadenses analisou dados de prescrição de antibióticos por dentistas entre 1996 e 2013 e revelou que, apesar da utilização destes fármacos ter diminuído no geral durante o período analisado, a prescrição de antibióticos exclusivamente por dentistas aumentou de forma significativa.
 
Conduzido pela Universidade da Columbia Britânica, no Canadá, o estudo se focou nos dados de prescrição de antibióticos naquela província canadense e analisou dados como dose diária definida na prescrição e expressa em taxas de prescrição por dose diária definida por 1000 habitantes por dia.
 
De acordo com os pesquisadores, entre 1996 e 2013 registou-se uma quebra de 12,7% na taxa de prescrição de antibióticos. Em 2013, os profissionais de saúde fizeram um total de 2,6 milhões de prescrições de antibióticos, 11,3% das quais foram de responsabilidade de dentistas.
 
No que diz respeito aos fármacos receitados, os pesquisadores revelam que houve um aumento nas prescrições de amoxicilina e de clindamicina, que foram também os agentes mais utilizados no âmbito da odontologia em 2013. Por outro lado, a prescrição de antibióticos de baixo espectro, como a penicilina, diminuiu significativamente, apesar do antibiótico ser recomendado como um agente de primeira escolha em muitas indicações na odontologia.

Conclusão

 
De acordo com o estudo, esta tendência é preocupante, uma vez a amoxicilina e outros antibióticos têm sido associados ao aumento da resistência bacteriana.

Sugestões de leitura

Aparelho de cerâmica

Aparelhos de cerâmica: Prós e Contras

Os aparelhos cerâmicos realinham, ajustam e endireitam os dentes da mesma forma que os aparelhos metálicos tradicionais.  No entanto, os aparelhos cerâmicos têm...

Patógeno da periodontite e a conexão com a doença de Alzheimer

Um estudo investigando o papel do Treponema denticola (T. denticola) na patogênese da doença de Alzheimer foi apresentado por Zhiqun Tang do Hospital...

Esclerose múltipla e extrações dentárias

A esclerose múltipla costuma causar fadiga extrema e dificuldades físicas que podem tornar desafiador ao paciente cuidar de sua saúde bucal. Como resultado,...

Mais eficientes na redução da placa e da inflamação gengival

Novo estudo com pacientes com periodontite revela que escovas interdentais e palhetas interdentais de borracha são mais eficientes na redução da placa e...

Crianças com aftas, o que fazer?

As aftas geralmente são úlceras rasas, brancas, cinzas ou amareladas com borda vermelha que podem durar até duas semanas. Algumas pessoas as confundem...

Diabetes pode enfraquecer os dentes e favorecer a cárie dentária

Diabetes, enfraquecimento dos dentes e cáries Pessoas com diabetes tipo 1 e tipo 2 são propensas a cáries dentárias, e um novo estudo...

Que tal você se juntar aos nossos clientes e se tornar um case de sucesso também?