Deixe seus dados para receber mais conteúdo no futuro

    Você toparia ter uma teleconsulta com um dentista para um atendimento inicial? SimNão

    Recomenda-se cautela na indicação ou uso de adoçantes

    Os autores de um novo estudo, analisando se o consumo de adoçantes artificiais está associado a efeitos negativos em longo prazo no peso, doenças cardíacas e outras doenças, alertaram ser necessário exercer cautela no seu uso até que os riscos e benefícios de longo prazo para estes produtos estejam plenamente caracterizados.

    No estudo, publicado no CMAJ (Canadian Medical Association Journal) , os autores conduziram uma revisão sistemática de 37 estudos que acompanharam 400.000 pessoas por 10 anos em média. Sete desses estudos foram estudos clínicos controlados randomizados (randomised controlled trials, RCTs) envolvendo 1.003 pessoas.

    Adoçantes podem aumentar o peso, ao invés de diminuí-lo

    Evidências dos RCTs não apoiavam claramente os benefícios pretendidos de adoçantes não nutritivos no controle de peso. Além disso, dados observacionais sugeriram que o consumo rotineiro de adoçantes pode estar associado ao aumento em longo prazo do IMC e a um risco elevado de doenças cardio metabólicas. Contudo, os autores disseram que estas associações ainda não foram confirmadas em estudos experimentais.

    A autora principal do estudo, Dra. Meghan Azad, disse que “tendo em vista o uso disseminado e crescente de adoçantes artificiais e a atual epidemia de obesidade e doenças correlatas, são necessárias mais pesquisas para determinar os riscos e benefícios de longo prazo desses produtos”. “É necessário exercer cautela até que os efeitos de longo prazo dos adoçantes artificiais na saúde estejam plenamente caracterizados”, acrescentou a Dra. Azad.

    Deixe seus dados para receber mais conteúdo no futuro

      Você toparia ter uma teleconsulta com um dentista para um atendimento inicial? SimNão

      Sugestões de leitura

      Impacto da Doença Renal Crônica na Saúde Bucal de Mulheres Pós-Menopausa

      Mulheres com idade mais avançada e portadoras de doença renal crônica estão mais expostas ao risco da perda de dentes a ponto de...

      Periodontite e o Risco de AVC em Pessoas com Menos de 50 anos

      A periodontite, uma inflamação das estruturas que sustentam nossos dentes, pode aumentar muito o risco de AVC (derrame cerebral) em pessoas com menos...

      Alerta para os riscos do Xilitol – Novo Estudo

      Um recente estudo, publicado no European Heart Journal, revelou uma ligação preocupante entre o consumo de xilitol, um adoçante de baixas calorias, e...

      Câncer bucal: o dentista pode ser o primeiro a detectar

      Quando vamos ao dentista, geralmente buscamos resolver um problema dental que esteja nos incomodando, obter uma limpeza dental ou melhorar a estética dos...

      Infecções Bucais: Causas, Sintomas e Tratamentos

      Infecções na boca podem ser bem incômodas e causar preocupação, tornando tarefas do dia a dia, como comer ou escovar os dentes, mais...

      Novo Medicamento pode Regenerar Dentes Perdidos

      Os cientistas vêm obtendo progresso no desenvolvimento de um novo medicamento que pode ajudar a regenerar os dentes. Sim, regenerar os dentes. O...