Deixe seus dados para receber mais conteúdo no futuro

    Você toparia ter uma teleconsulta com um dentista para um atendimento inicial? SimNão

    Sentindo dor na língua? Saiba o que fazer

    A dor na língua é algo que provoca muito desconforto por conta da sua grande sensibilidade.
    Aftas, lesões ou infecções podem causar problema em parte, ou em toda a língua. Os tratamentos irão variar conforme a causa.
    Um indivíduo pode sentir dor na língua e encontrar tratamento em alguns remédios caseiros simples. No entanto, certas condições de saúde podem desencadear dor na língua, o que requer atenção médica.
    Este artigo apresenta alternativas de  como lidar com a dor na língua através do uso de remédios caseiros e diferentes medicamentos. Também são descritas as possíveis causas da dor na língua.

     

    Dor na língua – Causas

    Aftas

    As aftas são pequenas úlceras geralmente brancas ou cinza e às vezes podem aparecer com uma borda vermelha. Eles geralmente cicatrizam espontaneamente em até 2 semanas.

    Trauma

    É fácil queimar ou morder a língua ao comer.
    Fios soltos de um aparelho dental ou dentaduras quebradas também podem ferir a língua.

    Aparelhos ortodônticos ou dentaduras danificados devem ser reparados o mais rápido possível. Isso para evitar maiores danos à língua e à boca.

    Quimioterapia

    quimioterapia e alguns medicamentos podem causar feridas na língua. Essas feridas tendem a cicatrizar após o término do tratamento.
    Um anti-séptico bucal pode ajudar.
    Os indivíduos devem procurar orientação com seu dentista na 
    escolha de um enxaguante bucal.

    Sapinho

    De acordo com a American Dental Association, algumas infecções fúngicas podem afetar a língua.
    A candidíase oral causa manchas vermelhas e brancas na língua e na boca. Outros sintomas podem incluir dor, mau hálito e dificuldade de engolir.

    Dor na língua – Soluções caseiras

    Existem algumas maneiras de tratar uma língua dolorida.
    Os remédios caseiros e outros métodos incluem:

    Manter uma boa higiene oral

    Uma boa higiene dental pode ajudar na cura de uma ferida na língua.
    escovação dos dentes e o enxágue bucal reduzem as bactérias nocivas.

    Isso diminui o risco de infecção.

    É recomendável o uso de uma escova de dentes macia para evitar problemas gengivais.
    Também deve-se evitar o uso de enxaguantes bucais com álcool. Isso porque podem agravar ferimentos na língua.

    Gelo

    Chupar pedaços de gelo pode ajudar a aliviar o desconforto de uma língua dolorida.
    Deve-se ter cuidado para 
    não mastigar ou morder o gelo, pois isso pode danificar o esmalte ou quebrar o dente.

    É aconselhável deixar pedaços de gelo fora do congelador por alguns segundos antes de colocá-los na boca.
    Isso derrete a superfície, reduzindo o risco de um pedaço de gelo grudar na língua.

    Enxágue com água salgada

    Um indivíduo com uma lesão na língua deve manter a ferida limpa para favorecer a cura.
    A American Dental Association (ADA) sugere um enxágue suave com água salgada para redução do risco de infecção.

    Para criar uma solução, adicione meia colher de chá de sal a um pequeno copo de água morna. Faça enxágues suaves com a água salgada por algumas vezes e depois cuspa.

    Enxágue com chá de camomila fri​o​

    De acordo com o National Center for Complementary and Integrative Health, a camomila é erva medicinal que pode aliviar a dor provocada por feridas na boca.
    A camomila tem uma ação anti-inflamatória.

    Em geral, a camomila é consumida na forma de chá.

    Recomendam-se enxágues suaves com o chá de camomila frio.
    Pode-se também embeber um saquinho de chá de camomila e pressionar levemente a área afetada.

    Sálvia

    A sálvia é uma erva medicinal que também possui ação anti-inflamatória.
    Deve-se mergulhar as folhas de sálvia em água fervente e deixá-la esfriar antes de fazer uso. Enxágues com sálvia podem ajudar a aliviar aftas na língua.

    Mais pesquisas são necessárias para compreender todos os efeitos da sálvia na dor na língua ou de garganta.
    Atualmente, porém não existem evidências sólidas da eficácia terapêutica da sálvia.

    Mel

    Uma revisão de 2019 observa que o mel tem propriedades antibacterianas e pode promover a cicatrização de feridas após uma queimadura. O Winchester Hospital sugere que o mel pode ajudar a aliviar os sintomas das aftas.

    Em um estudo mais antigo, os participantes espalharam mel em suas aftas 4 vezes ao dia, durante 5 dias. Posteriormente, eles relataram reduções na dor e no tamanho da úlcera.

    Estar atento a alimentos e bebidas

    Alimentos picantes, salgados ou ácidos podem irritar a língua e a boca. Deve-se procurar evitar pratos picantes e alimentos que contenham muito ácido cítrico.
    Isso até que a ferida na língua cicatrize.
    Também deve-se evitar alimentos crocantes com pontas afiadas, como batatas fritas, que podem ferir a língua.

    O refrigerante também pode irritar a língua com ferida ou aftas. Portanto, no caso da ingestão de refrigerantes, deve-se usar um canudo.

    Evitando fumar

    O tabagismo pode retardar a cicatrização de feridas e irritar a língua.
    Aos indivíduos que fumam regularmente, recomendamos a consulta com um especialista e adoção de um programa para interrupção do hábito de fumar.

    Dor na língua – tratamento com medicamentos

    Se as soluções caseiras não forem eficazes, o indivíduo pode considerar o uso de produtos de venda livre (OTC), como analgésicos.
    Para feridas infectadas, o dentista pode prescrever antibióticos.

    Analgésicos

    Os analgésicos de venda livre (OTC) podem reduzir o desconforto de uma língua dolorida. Anti-inflamatórios não esteroidais podem ajudar a reduzir o inchaço.
    Para aftas graves, o dentista pode prescrever corticosteroides para tratar a inflamação e a dor.

    Géis tópicos

    Os géis tópicos podem aliviar a dor inflamada, anestesiando a área.
    De acordo com a ADA, eles também fornecem uma barreira contra irritações futuras.

    Prescrição para bochechos

    O dentista pode prescrever um antisséptico bucal para alívio de feridas dolorosas na língua.
    Os colutórios terapêuticos contêm ingredientes ativos que os demais não possuem.

    Suplementos vitamínicos

    A falta de certas vitaminas pode aumentar o risco do desenvolvimento de aftas.
    Indivíduos que passam por quimioterapia devem falar com seu médico antes de começar a tomar suplementos vitamínicos.

    Medicamento para estimular a produção de saliva

    De acordo com a ADA, a boca seca pode causar aftas. As pessoas podem ficar com a boca seca após o consumo de alguns medicamentos.
    Para tratar isso, o dentista ou médico pode prescrever medicamentos para estimular a produção de saliva.
    Ingerir bastante água e mascar chicletes sem açúcar também pode ajudar.

    Antibióticos

    Se a dor na língua for causada por uma infecção bacteriana, o dentista ou médico pode prescrever antibióticos.
    Os sintomas de infecção são dores, inflamação e uma ferida que não mostra sinais de melhora.

    Quando procurar um profissional de saúde

    Deve-se procurar um dentista ou médico se uma afta durar mais de 2 semanas, se houver várias feridas ou se uma úlcera for grande.

    Deve-se consultar um dentista se uma dentadura, aparelho ou dente machucar a língua.
    Isso ajudará a evitar maiores danos à boca.

    Perspectiva

    Pequenos cortes, queimaduras e aftas usualmente cicatrizam em até 2 semanas.
    A ferida na língua como efeito colateral do tratamento do câncer pode surgir 1–2 semanas após o início do tratamento e pode persistir até o final da terapia.
    Deve-se consultar um dentista para buscar o alívio dos sintomas dolorosos.

    Resumo

    A dor e o desconforto podem afetar toda ou parte da língua. A afta causa dor e irritação em uma pequena área. Já o sapinho pode afetar toda a superfície da língua.

    O tratamento para a língua dolorida depende de sua causa. Em muitos casos, remédios caseiros simples podem aliviar a dor e ajudar na cura.

    Pode-se reduzir o risco de lesões na língua consultando periodicamente o seu dentista.
    Uma boa higiene bucal pode ajudar a diminuir o risco de infecções orais e manter a boca saudável.

    Siga a Dentalis no Instagram @DentalisSoftware, no Face @Dentalis.Software e no twitter @Dentalisnet

    Fontes: International Journal of MicrobiologyMouth HealthyWinchester HospitalAmerican Family PhysicianAmerican Cancer SocietyReaders DigestADAWorld Health Organization

    Deixe seus dados para receber mais conteúdo no futuro

      Você toparia ter uma teleconsulta com um dentista para um atendimento inicial? SimNão

      Sugestões de leitura

      Diabetes e doença gengival – a conexão

      Estudos recentes reforçam a constatação de que diabetes e doença periodontal, como periodontite, estão diretamente ligados.

      Fio ou fita dental: qual é a melhor para sua higiene dental?

      Fio ou fita dental são essenciais à rotina diária de limpeza dos dentes. Mas afinal, qual devo escolher? Qual é melhor para você?

      Remédios para asma podem em maior ou menor grau trazerem problemas à sua saúde bucal. Saiba o que fazer e como evitar que isso aconteça.

      Remédios para asma podem fazer mal à saúde bucal?

      Remédios para asma podem em maior ou menor grau trazerem problemas à sua saúde bucal. Saiba o que fazer e como evitar que...

      Aprenda sobre a importância da saúde das gengivas e conheça dicas essenciais para mantê-las saudáveis ao longo da vida.

      Saúde das Gengivas: cuidados essenciais

      Aprenda sobre a importância da saúde das gengivas e conheça dicas essenciais para mantê-las saudáveis ao longo da vida.

      Derrame e saúde bucal: conheça a ligação

      Derrame e saúde bucal estão diretamente relacionados, é o que nos revela um estudo científico recente. Cuidar da saúde bucal é imprescindível.

      Hipersensibilidade dental

      Hipersensibilidade dental: como prevenir e aliviar

      Conheça dicas práticas do que você pode fazer para prevenir e aliviar a desagradável hipersensibilidade dental