Sintomas de que uma infecção dental se espalha pelo corpo

Sinais de que uma infecção dental se espalha pelo corpo

Uma infecção dentária, ou abscesso dentário, é uma coleção de pus e bactérias no interior do dente ou gengiva.

Sem o tratamento adequado, as infecções dentárias podem se espalhar para outras áreas do corpo, e isso pode levar a complicações graves e potencialmente fatais.

Para reduzir o risco de complicações, o indivíduo deve procurar tratamento com seu dentista o mais rápido possível.

Conheça os principais sinais e sintomas de propagação de uma infecção dentária, como tratar infecções dentárias e como evitá-las.

Sinais de disseminação de infecção

É raro que uma infecção dentária se espalhe para outras partes do corpo. No entanto, se isso acontecer, as consequências podem ser graves.

Os seguintes sintomas podem indicar que uma infecção dentária se espalhou para outra parte do corpo.

Um indivíduo com suspeita de infecção dentária e se apresentar um ou mais dos sintomas a seguir deve procurar atendimento odontológico imediato:

  • Língua e boca doloridas;
  • Inchaço do rosto, bochechas ou pescoço;
  • Dificuldade em engolir;
  • Trismo, ou dificuldade em abrir a boca;
  • Sensação de coceira ou queimação na pele;
  • Náusea e vômito;
  • Febre;
  • Forte dor de cabeça;
  • Visão dupla ou perda de visão;
  • Pálpebras caídas;
  • Dificuldade para respirar;
  • Confusão mental.

O que acontece quando uma infecção dentária se espalha pelo corpo?

A boca está repleta de bactérias provenientes de alimentos, saliva e placa bacteriana.

Às vezes, essas bactérias podem entrar em um dente ou na área abaixo da linha da gengiva. Isso resulta em uma infecção dentária ou abscesso.

Um abscesso é uma bolsa de pus e bactérias que se forma nos tecidos do corpo.

Geralmente, as infecções dentárias são facilmente tratáveis. No entanto, uma pessoa que não recebe tratamento imediato corre o risco de desenvolver as seguintes complicações:

  • Osteomielite: é uma infecção do osso ao redor do dente.
  • Trombose do seio cavernoso: esta é uma infecção dos vasos sanguíneos nos seios da face.
  • Celulite: é uma infecção da pele e da gordura diretamente sob a pele.
  • Abscesso parafaríngeo: é um abscesso na parte posterior da boca.
  • Sepse: esta é uma séria condição médica em que o sistema imunológico reage severamente a uma infecção no sangue.

Sem tratamento, uma infecção odontológica pode se espalhar para o rosto e pescoço. As infecções graves podem atingir partes mais distantes do organismo.

  • Em alguns casos, essas infecções podem se tornar sistêmicas, afetando vários tecidos e sistemas em todo o corpo;

Tratamento

O tipo de tratamento que uma pessoa recebe para uma infecção dentária depende de vários fatores, incluindo:

  • A localização inicial do abscesso;
  • Se, e em que medida, a infecção se espalhou;
  • A extensão da reação do sistema imunológico à infecção.

Alguns tratamentos possíveis para uma infecção dentária são os seguintes:

Tratamento de canal radicular

O tratamento do canal radicular pode ser necessário para tratar um abcesso nas profundezas do dente. O procedimento envolve a perfuração do dente para remoção de sua polpa, bactérias e qualquer pus acumulado dentro da raiz.

O dentista então preenche o espaço com um material semelhante à borracha chamado guta-percha.

O mesmo material é usado para selar o pequeno orifício de acesso.

Assim que o dente cicatriza, ele é restaurado com uma coroa ou obturação permanente para prevenir novas infecções.

Cirurgia periapical

Existem situações em que o tratamento de canal não se mostra suficiente para eliminar a infecção dentária.

Nesses casos, o dentista pode recomendar uma cirurgia periapical ou ressecção da raiz.

Esse procedimento envolve a abertura da gengiva, a retirada da ponta da raiz do dente e a remoção de qualquer tecido infectado. A vantagem da cirurgia periapical é que ela resolve a infecção removendo-a completamente, o que pode reduzir a dor oral e necessidade de retorno do paciente ao dentista.

Antibióticos

É aconselhável que o dentista prescreva os antibióticos necessários para reduzir a infecção e impedir que ela se espalhe antes de partir para um tratamento mais invasivo.

Caso a infecção já tenha se espalhado, o tratamento com antibióticos pode se estender por um período mais longo de tempo.

Também pode, em casos graves, a condição do paciente requerer internação hospitalar para administração de antibióticos por via endovenosa.

Drenagem

Em certos casos, pode ser necessário drenar o pus diretamente do local da infecção.

Por exemplo, a drenagem pode ser necessária para remover o pus de um abscesso dentário que se espalhou para a bochecha.

Para fazer isso, o dentista precisará anestesiar a área, realizar uma pequena incisão e drenar o pus e o fluido da gengiva.

Tratamento da sepse

A sepse é um conjunto de manifestações graves em todo o organismo produzidas por uma infecção. A sepse era conhecida antigamente como septicemia ou infecção no sangue.

Hoje é mais conhecida como infecção generalizada.

Na verdade, não é a infecção que está em todos os locais do organismo.

Por vezes, a infecção pode estar localizada em apenas um órgão, como, por exemplo, a boca, mas provoca em todo o organismo uma resposta com inflamação numa tentativa de combater o agente da infecção. Essa inflamação pode comprometer o funcionamento de vários dos órgãos do paciente.

Por isso, o paciente pode não suportar e falecer. Esse quadro é conhecido como disfunção ou falência de múltiplos órgãos.

É responsável por 25% da ocupação de leitos em UTIs no Brasil.

Prevenção

As dicas a seguir podem ajudar a reduzir as chances das pessoas não desenvolverem infecção dentária:

  • Escovar os dentes duas vezes por dia com um creme dental que contém flúor
  • Não enxaguar a boca ou beber nada imediatamente após escovar os dentes
  • Usar fio dental e escovas interdentais regularmente
  • Limitar a ingestão de alimentos e bebidas açucarados
  • Visitar o dentista regularmente para revisões

Diante de um quadro de infecção dentária, o indivíduo deve entrar em contato com seu dentista imediatamente.

Resumindo

A maioria das infecções dentárias é facilmente tratável.

No entanto, se um indivíduo acometido não receber tratamento imediato, uma infecção dentária pode se espalhar para outras partes do corpo. Uma vez que a infecção tenha se espalhado, ela pode levar rapidamente a complicações graves e potencialmente fatais.

Diante da suspeita de que uma infecção dentária se espalhou deve-se procurar tratamento odontológico imediatamente.

A maneira mais eficaz de prevenir infecções dentárias é manter uma boa higiene oral.

As pessoas podem fazer isso limitando a ingestão de açúcar, escovando os dentes após as refeições, usando fio dental diariamente e indo ao dentista regularmente.

Siga a Dentalis no Instagram @DentalisSoftware, no Facebook @Dentalis. Software, e no Twitter @Dentalisnet

Sugestões de leitura

Morsicatio buccarum

Morder a parte interna da boca: o que causa esse hábito?

Mordeduras na parte interna da boca podem causar lesões na mucosa.  É um comportamento repetitivo e compulsivo.  Pode resultar em sangramento, inflamação e...

Conicidade e proximidade da raiz do dente tem relação com a periodontite?

Um estudo recente que buscou avaliar a relação entre a anatomia radicular e o estado periodontal, encontrou evidências de como a conicidade radicular...

Aparelho de cerâmica

Aparelhos de cerâmica: Prós e Contras

Os aparelhos cerâmicos realinham, ajustam e endireitam os dentes da mesma forma que os aparelhos metálicos tradicionais.  No entanto, os aparelhos cerâmicos têm...

Patógeno da periodontite e a conexão com a doença de Alzheimer

Um estudo investigando o papel do Treponema denticola (T. denticola) na patogênese da doença de Alzheimer foi apresentado por Zhiqun Tang do Hospital...

Esclerose múltipla e extrações dentárias

A esclerose múltipla costuma causar fadiga extrema e dificuldades físicas que podem tornar desafiador ao paciente cuidar de sua saúde bucal. Como resultado,...

Nova estratégia para prevenção e tratamento da cárie dentária

Uma das infecções mais comuns relacionadas ao biofilme é a cárie dentária, que afeta uma população de mais de 60% das crianças e...

Que tal você se juntar aos nossos clientes e se tornar um case de sucesso também?