Deixe seus dados para receber mais conteúdo no futuro

    Você toparia ter uma teleconsulta com um dentista para um atendimento inicial? SimNão

    Baixa saúde bucal em idosos eleva risco de maior confinamento em casa

     
    O estudo de coorte longitudinal utilizou dados de 2.035 homens e 2.355 mulheres com idade igual e superior a 65 anos que responderam a duas pesquisas enviadas por correio e conduzidas em 2006 e 2010. Teve como padrão, no primeiro ano da pesquisa, o não-confinamento (estando o termo confinamento definido por saídas de casa inferior a uma vez por semana). Porém, após o período de quarto anos, 324 (7.4%) dos respondentes estavam confinados.
     
    Com relação à situação dental, os pesquisadores descobriram que no geral os participantes com poucos dentes tinham o dobro de probabilidade de ficar confinado em casa do que os que tinham mais dentes. Quase 10% dos respondentes confinados tinham menos de 20 dentes e nenhuma dentadura, cerca de 9% tinham menos de 20 dentes e dentadura, e aproximadamente 4% tinham 20 ou mais dentes.
     
    Entretanto, uma associação significativa entre o ficar confinado e a saúde bucal não foi observada nos participantes com idade igual e superior a 75 anos.

    Saúde bucal vs confinamento em casa

    De acordo com os pesquisadores, várias possibilidades podem relacionar a saúde bucal com o ficar confinado em casa. Por exemplo, saúde bucal, incluindo a perda de dente, afeta a escolha da comida e os nutrientes ingeridos, assim como a conversação e a atratividade facial. Por isso, a baixa saúde bucal pode influenciar negativamente as atividades sociais fazendo com que os indivíduos se isolem dos demais. Ficar confinado em casa é por si só uma barreira de acesso à assistência dentária.
     
    Os pesquisadores concluíram que é necessário, para verificar a descoberta, estudos de intervenção focados no melhoramento da saúde bucal dos idosos na população japonesa em relação à prevenção do confinamento. Eles sugeriram que a melhora da taxa de dentaduras utilizadas entre os idosos com menos dentes pode reduzir o risco de ficarem confinados no futuro.
     
    O estudo, intitulado “Does poor dental health predict becoming homebound among older Japanese?”, foi publicado on-line na revista BMC Oral Health.

    Deixe seus dados para receber mais conteúdo no futuro

      Você toparia ter uma teleconsulta com um dentista para um atendimento inicial? SimNão

      Sugestões de leitura

      Síndrome da Boca Ardente: nova esperança para o alívio

      Você sente uma sensação crônica de queimação na boca sem causa aparente? Nesse caso, você pode ser uma das muitas pessoas que sofrem...

      A Influência do DNA na Saúde Bucal

      Conheça o papel da genética sobre a saúde bucal. Será que apenas a genética pode garantir uma boa saúde dos dentes e gengivas?...

      Tártaro: o vilão silencioso da sua saúde bucal

      Dentes limpos não significam necessariamente dentes saudáveis. O tártaro, também conhecido como placa bacteriana, é uma camada pegajosa que se acumula nos dentes...

      Quando levar seu bebê no dentista pela primeira vez?

      A chegada do primeiro dentinho do bebê é um marco emocionante. Mas você sabia que esse momento também marca o início de uma...

      A Raiz do Mau Hálito: A Ciência Revela

      Ciência revela a origem do mau hálito e sua associação com as bactérias da flora bucal. Saiba como prevenir e tratar o mau...

      Dentes brancos: promessas da publicidade vs. realidade do tratamento

      Artigo destaca as diferenças entre as promessas dos cremes dentais clareadores e o clareamento dental profissional realizado por dentistas