Uma nova e preocupante notícia para os fumantes

Como se o câncer de pulmão, enfisema e doenças cardíacas não fossem suficientes, existem novas e também más notícias para os fumantes.

Pesquisadores da Escola de Odontologia da Case Western Reserve University descobriram que fumar também enfraquece a capacidade da polpa dentária no combate a doenças.

Em outras palavras, os fumantes têm menos mecanismos de defesa no interior de seus dentes.

“Isso pode explicar por que os fumantes têm menos resultados endodônticos e atraso na cicatrização do que os não-fumantes”, disse Anita Aminoshariae, professora associada de endodontia e diretora de endodontia. “Imagine o TNF-? E o hBD-2 estão entre os soldados em uma última linha de defesa que fortifica um castelo. Fumar mata esses soldados antes que eles tenham a chance de montar uma defesa sólida.”

Os resultados do estudo foram publicados no Journal of Endodontics.

A pesquisadora Aminoshariae afirmou que até o momento haviam poucos estudos sobre os efeitos endodônticos do tabagismo – o interior dos dentes. Os fumantes apresentaram resultados piores do que os não fumantes, com maiores chances de desenvolver doença gengival e quase duas vezes mais chances de necessitar de tratamento de um canal radicular.

Metodologia da pesquisa

Trinta e dois fumantes e 37 não fumantes com pulpite endodôntica – mais comumente conhecido como inflamação do tecido dental – foram incluídos no estudo.

“Começamos com uma olhada na polpa dentária dos fumantes em comparação com os não-fumantes”, disse ela. “Nós projetamos que as defesas naturais seriam reduzidas nos fumantes; não esperávamos é que elas se esgotassem completamente.”

Um achado interessante, observou Aminoshariae, foi que, para dois pacientes que pararam de fumar, essas defesas retornaram.

Juntando-se a Aminoshariae no estudo estavam os ex-alunos Caroline Ghattas Ayoub e Mohammed Bakkar; os membros do corpo docente Tracey Bonfield, Catherine Demko, Thomas A. Montagnese e Andre K. Mickel; e pesquisa Santosh Ghosh – todos da Faculdade de Odontologia da Case Western.

Fonte: Case Western Reserve University

Sugestões de leitura

Morsicatio buccarum

Morder a parte interna da boca: o que causa esse hábito?

Mordeduras na parte interna da boca podem causar lesões na mucosa.  É um comportamento repetitivo e compulsivo.  Pode resultar em sangramento, inflamação e...

Aparelho de cerâmica

Aparelhos de cerâmica: Prós e Contras

Os aparelhos cerâmicos realinham, ajustam e endireitam os dentes da mesma forma que os aparelhos metálicos tradicionais.  No entanto, os aparelhos cerâmicos têm...

Patógeno da periodontite e a conexão com a doença de Alzheimer

Um estudo investigando o papel do Treponema denticola (T. denticola) na patogênese da doença de Alzheimer foi apresentado por Zhiqun Tang do Hospital...

Esclerose múltipla e extrações dentárias

A esclerose múltipla costuma causar fadiga extrema e dificuldades físicas que podem tornar desafiador ao paciente cuidar de sua saúde bucal. Como resultado,...

Mais eficientes na redução da placa e da inflamação gengival

Novo estudo com pacientes com periodontite revela que escovas interdentais e palhetas interdentais de borracha são mais eficientes na redução da placa e...

Crianças com aftas, o que fazer?

As aftas geralmente são úlceras rasas, brancas, cinzas ou amareladas com borda vermelha que podem durar até duas semanas. Algumas pessoas as confundem...

Que tal você se juntar aos nossos clientes e se tornar um case de sucesso também?